Notícias

‘Não estamos fazendo concessões a Bolsonaro no relatório’, diz Humberto Costa

O senador Humberto Costa (PT-PE) afirmou que a CPI da Covid não fará concessões ao presidente Jair Bolsonaro e nem aliviará a situação do chefe do Planalto no relatório final da investigação, que deverá ser apresentado nesta quarta-feira pelo relator Renan Calheiros (MDB-AL).

Em reunião na noite de terça-feira, os senadores decidiram retirar os crimes de homicídio qualificado e de genocídio contra as populações indígenas da lista de indiciamento de Bolsonaro. O genocídio será substituído por crime contra a humanidade contra os povos indígenas. No caso de homicídio, a interpretação é que essa tipificação está contemplada na acusação por epidemia com resultado morte.

Mesmo com as alterações, os senadores vão pedir ao Ministério Público uma investigação sobre tratamento aos povos indígenas na pandemia, que a depender das conclusões poderá ser caracterizado como genocídio. “Não se trata de qualquer tipo de concessão para Bolsonaro. Bolsonaro é criminoso, Bolsonaro é genocida, mas não tínhamos condições técnicas de fazer esse enquadramento”, disse Humberto Costa.

Veja também

+ Restaurante japonês que fez festa de swing lança prato chamado “suruba”
+ Cantor Ovelha abre frangaria em São Paulo com a ajuda de Ratinho
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Como fazer seu cabelo crescer mais rápido
+ Vem aí um novo megaiceberg da Antártida
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mineral de Marte raro na Terra é achado na Antártida
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Atriz pornô é demitida de restaurante por causa de “cliente cristão”
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?