• IstoÉ
  • IstoÉ Dinheiro
  • Dinheiro Rural
  • Menu
  • Motorshow
  • Planeta
  • Select
  • Gente
  • GoOutside
  • Hardcore
Assine
Anuncie
Capa da edição atual da revista
Edição da SemanaNº 185 08.04Leia mais
Istoé Dinheiro Rural
MenuMenu
FECHAR
Capa da edição atual da revista
Edição da SemanaNº 185 08.04Leia mais
  • Home
  • Últimas notícias
  • Economia
  • Negócios
  • Carreira
  • Estilo no campo
  • Tecnologia
  • As melhores da Dinheiro Rural
  • Siga-nos:Facebook
Notícias31/12/2021

No Rio, Copacabana tem bastante movimento, mas abaixo de um réveillon normal

Estadão Conteúdo
Texto por:Estadão Conteúdo31/12/21 - 18h14min

Palco do Réveillon mais tradicional do Brasil, a praia de Copacabana, na zona sul do Rio, tinha bastante movimento, mas muito menor do que em um Réveillon normal, às 17h45 desta sexta-feira, 31. Por conta da pandemia de covid-19, não haverá shows musicais na praia - apenas a queima de fogos, que vai começar à 0h do dia 1 de janeiro e durar 16 minutos. Durante toda a tarde, uma chuva de intensidade variada atingiu o bairro - às 17h45 ela era muito leve, mas já tinha sido intensa.

A chuva e a redução do espetáculo não afugentaram os turistas. "Estamos acostumados com essa garoa, ué, viemos de São Paulo", disse a assessora contábil Rachel Oliveira, de 28 anos, que saiu da capital paulista para passar o Réveillon no Rio com três amigas e se instalou na areia de Copacabana às 17h. "É minha primeira viagem desde o início da pandemia (em março de 2020), não aguentava mais ficar em casa. Pode chover à vontade, nada vai me incomodar", disse.

Nas ruas próximas do mar era possível comprar palmas por R$ 3 (ou três por R$ 10) e rosas por R$ 5 - uma das tradições do Réveillon é o lançamento de flores ao mar. Mas no final da tarde havia nas ruas de Copacabana mais vendedores de guarda-chuva e capas de chuva do que de flores ou bebidas. Uma capa custava de R$ 5 a R$ 15, e um guarda-chuva variava de R$ 10 a R$ 30. "Depende da cara do turista, né?", afirmou um vendedor, admitindo que cobra mais de turistas estrangeiros.

O trânsito na avenida Atlântica está interditado desde as 15h. Às 19h o trânsito será interditado em todo o bairro, e só poderão entrar em Copacabana ônibus e carros particulares ou táxis com passageiros que comprovem trabalho, residência ou hospedagem no bairro. O metrô deixará de funcionar às 20h. A partir das 22h, nem ônibus poderá circular por Copacabana.

As balsas com os fogos de artifício que serão acionados à meia-noite estão posicionadas no mar.

Saiba mais
+ Modelo brasileiro se casa com nove mulheres e vira notícia internacional
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Receita simples e rápida de asinhas de frango com molho picante
+ Conheça o suco que aumenta a longevidade e reduz o colesterol
+ CNH: veja o que você precisa saber para a solicitação e renovação
+ Vídeo de jacaré surfando em Floripa viraliza na internet
+ Vale-alimentação: entenda o que muda com novas regras para benefício
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Descoberto na Armênia aqueduto mais oriental do Império Romano
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
Copacabana