Geral

O futuro bilionário dos apps

Crédito: Wise Guy

Estimado em US$ 809,6 milhões este ano, o mercado global de programas e aplicativos para a agricultura de precisão deve crescer cada vez mais. A projeção é de que o setor salte quase 15% anualmente, até 2025. Se as estimativas forem certeiras, em 2021, esse mercado estará faturando cerca de US$ 1,1 bilhão. O estudo é da consultoria indiana Wise Guy. Não por acaso, empresas têm apostado no segmento. A cada dia, o produtor tem um app diferente, para cada tipo de atividade: medir a produtividade, acompanhar as finanças, controlar a irrigação. Confira outros detalhes da pesquisa:

EM TESTE
Sistema faz indicações de sementes

Bayer AG

 

Dona da americana The Climate Corporation, a alemã Bayer acaba de anunciar novas funções do sistema desenvolvido por sua subsidiária, especialista em agricultura digital. Trata-se do Seed Advisor. Com base em informações da indústria e das variedades disponíveis, a ferramenta prediz quais são as sementes com maior potencial de desenvolvimento para cada região produtora. A ferramenta está em testes nos Estados Unidos, na cultura de milho, desde o ano passado. Até agora, os resultados demonstraram um crescimento de produtividade de 9,5 sacas de 60 quilos por hectare.

PESQUISA
O gene da apneia nas plantas

Shutterstock

 

Uma equipe de cientistas suecos e dinamarqueses identificou os genes que dão às plantas a tolerância à falta de oxigênio. O estudo abre caminho para o desenvolvimento de vegetais que resistam a inundações, mantendo a produtividade de alimentos nessas condições. A descoberta foi publicada recentemente, numa revista científica europeia. O próximo passo é investigar como as plantas reagem à falta de oxigênio se o gene for expressado com mais força. Numa fase mais avançada do estudo, a ideia é transferir esses genes a plantas importantes para a agricultura, como trigo, arroz, milho e soja.

CLIMA
Previsão do tempo

O BoosterAgro é o mais novo aplicativo de previsão meteorológica para o campo. Entre as variáveis que o app fornece, destacam-se temperatura, chuva, direção, velocidade e rajadas do vento e umidade e ponto de orvalho para os dez dias seguintes. Gratuita, a nova ferramenta funciona off-line e está disponível para dispositivos Android e iOS. Desde que foi lançado, no final do ano passado, o BoosterAgro já superou os 50 mil downloads, cobrindo 100 mil fazendas, em cinco países: Argentina, Bolívia, Brasil, Paraguai e Uruguai.

APLICATIVO
Calculadora portátil de produtividade

Divulgação

 

A consultoria catarinense Agroconsult acaba de lançar o aplicativo Rally da Safra. A iniciativa é o maior projeto itinerante privado de acompanhamento da safra no País. Além de servir como uma plataforma para acompanhar o que acontece no Rally, o app terá uma interface interativa para o produtor: uma calculadora digital para mensurar sua produtividade de soja e milho, assim como é feito pela equipe do Rally. A ferramenta dá o passo a passo para essa conta. O aplicativo é gratuito e pode ser instalado em celulares com sistemas Android (Google) e iOS (Apple).

INVESTIMENTO
Unidos pela transformação digital

A sueca Ericsson e as brasileiras Vivo e Raízen estão focadas na transformação digital do campo. No mês de janeiro, as três empresas firmaram uma parceria com a incubadora EsalqTec, de Piracicaba (SP), para acelerar startups de inovações para o agronegócio. O objetivo é estimular o desenvolvimento de tecnologias de internet das coisas. Seis empresas iniciantes foram
selecionadas e devem trabalhar com soluções como o gerenciamento remoto e a mineração de dados de veículos e máquinas agrícolas, além de tecnologias para o controle de incêndio em máquinas de pulverização de fertilizantes e agroquímicos.

AGRICULTURA 4.0
tecnologia espacial no campo

Divulgação

 

A Embrapa e a Visiona Tecnologia Espacial, uma joint-venture entre a Embraer e a Telebrás, assinaram um acordo de cooperação técnica para o desenvolvimento de sistemas inteligentes que combinam tecnologia espacial com sistemas informatizados aplicados à agricultura. Entre as inovações, está o primeiro nanosatélite brasileiro, previsto para ser lançado no espaço no primeiro semestre de 2020. Equipado com uma câmera de alta resolução e com elevada qualidade radiométrica,
o equipamento ajudará a desenvolver sistemas de análise de imagens para a agricultura e sistemas de produção integrados, como a Integração Lavoura-Pecuária-Floresta.

ACELERAÇÃO
O time de inovação da M. Dias Branco

Istock

 

De um grupo de 11 startups, oito passam a compor o time de empresas iniciantes em tecnologia para atender diretamente à cearense M. Dias Branco, grande produtora de massas e biscoitos do País. O anúncio foi feito em janeiro. As startups foram selecionadas no Projeto Germinar, criado pela própria empresa. A iniciativa foi um piloto da companhia para buscar soluções tecnológicas inovadoras nas áreas de ingredientes e processos, embalagens, marketing e comunicação, fidelização de cliente e criação de novos negócios. Agora, essas oito startups estão aptas para futuras oportunidades e assinatura de novos contratos de negócios com a M. Dias Branco.