Notícias

Organização Internacional do Café terá reunião entre os dias 23 e 27 em Londres

São Paulo, 20 – A Organização Internacional do Café (OIC) realizará reunião entre 23 e 27 de setembro, em sua sede, em Londres. O Conselho Nacional do Café (CNC), entidade privada, vai representar as principais cooperativas e associações de cafeicultores de diversas origens brasileiras.

O presidente do CNC, Silas Brasileiro, diz em relatório que “vivemos um novo cenário passageiro de oferta superior à demanda, característico do ciclo de preços e produção. Conforme dados da OIC, o excedente da oferta global acumulado nos dois últimos anos cafeeiros soma 7 milhões de sacas”.

“Embora seja um número pequeno, equivalente ao consumo mundial de 15 dias, o aumento dos fluxos exportadores gera sensação de abastecimento confortável nos países consumidores, mesmo com o crescimento estável da demanda, a uma taxa anual de 2,2%”, continua Brasileiro.

Ele salienta que “somente com o crescimento do consumo, principalmente nos países produtores e mercados emergentes, alcançaremos a sustentabilidade econômica da produção cafeeira, visto que será reduzida a transferência de estoques das regiões exportadoras para as importadoras, e haverá equilíbrio entre oferta e demanda”.

O presidente do CNC ressalta que é grande a expectativa com os resultados do Fórum dos CEOs e líderes globais do setor cafeeiro, que ocorrerá em 23 de setembro, durante o encontro em Londres, com “o engajamento da indústria internacional em uma campanha global para o aumento do consumo de café”.

Brasileiro lamenta que, apesar de o CNC defender reiteradamente que não seja expandida a área plantada com café e que esforços sejam direcionados apenas para o aumento de produtividade (por exemplo, via renovação do parque cafeeiro), “são evidentes, nos outros países, estímulos e parcerias diversas visando a novos plantios”, conclui.