As Melhores da Dinheiro Rural

Os destaques da pecuária

Pecuaristas e empresas mostram por que o setor que movimenta R$ 400 bilhões anuais pode crescer ainda mais

Os destaques da pecuária

angus-machos_casa_branca_nova

As riquezas geradas pela pecuária brasileira chegam a R$ 400 bilhões por ano. Esse é o saldo do Produto Interno Bruto da criação de gado no País, quase o dobro do que o setor movimentava há duas décadas, de acordo com o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea-Esalq/USP).  O valor dessa cadeia de alimentos é maior que o PIB de cerca de 120 países, segundo dados do Fundo Monetário Internacional. Supera, por exemplo, a economia da Nova Zelândia, Bulgária, Guatemala e a de vizinhos como Uruguai, país com um PIB de US$ 55 bilhões. Foi para mostrar quem são os personagens desse enredo de investimentos e de empreendedorismo no campo brasileiro que a DINHEIRO RURAL criou há quatro ano os Destaques da Pecuária, no prêmio AS MELHORES DA DINHEIRO RURAL, e desenvolveu uma metodologia para avaliá-los .

Os prêmios estão divididos nas categorias Genética Nelore, Genética Rebanho Nacional para as demais raças, Gado de Elite para os animais avaliados em exposições agropecuárias, Gado de Produção para animais comerciais, Fazenda Sustentável, Marca de Carne das iniciativas de empresas e de produtores e Confinamento. Até a edição passada dessa iniciativa da revista eram estes os segmentos premiados. Em 2016, o grupo cresceu. A partir desta edição entra em cena a categoria Gado Leiteiro.