Porteira Aberta

Ovos: influenza aviária prejudica exportações dos EUA, diz USDA

Chicago, 09 – As exportações norte-americanas de ovos devem diminuir após a Coreia do Sul proibir a importação do produto dos EUA por causa de um surto de gripe aviária confirmado no Tennessee no último fim de semana. Em seu relatório mensal de oferta e demanda, publicado mais cedo, o Departamento de Agricultura dos EUA (USDA) disse que o país deve exportar 305 milhões de dúzias de ovos em 2017. O número representa uma redução de 20 milhões de dúzias ante a estimativa de fevereiro, e o USDA atribuiu o corte à proibição sul-coreana.

No fim de semana, o USDA confirmou um caso de gripe aviária H7 em uma granja de frangos parceira da Tyson Foods no Estado de Tennessee. Este foi o primeiro caso de vírus de alta patogenicidade a atingir uma granja comercial em mais de um ano no país. No total, 73.500 aves foram abatidas no domingo para evitar que a doença se espalhasse. Com a confirmação, a Coreia do Sul proibiu a importação de aves vivas e ovos frescos norte-americanos. Fonte: Dow Jones Newswires

Saiba mais
+ Modelo brasileiro se casa com nove mulheres e vira notícia internacional
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Receita simples e rápida de asinhas de frango com molho picante
+ Conheça o suco que aumenta a longevidade e reduz o colesterol
+ CNH: veja o que você precisa saber para a solicitação e renovação
+ Vídeo de jacaré surfando em Floripa viraliza na internet
+ Vale-alimentação: entenda o que muda com novas regras para benefício
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Descoberto na Armênia aqueduto mais oriental do Império Romano
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais