Notícias

Oxford Economics vê pessimismo em projeções do FMI para EUA e zona do euro

As mais recentes projeções do Fundo Monetário Internacional (FMI) para o crescimento das economias dos Estados Unidos e da zona do euro apontam para uma recuperação mais lenta do que o projetado pela Oxford Economics. Segundo o diretor de macro pesquisa global da instituição, Ben May, a avaliação cautelosa do FMI reflete uma posição mais pessimista do fundo quanto à recuperação das economias desenvolvidas no terceiro trimestre de 2020.

May, porém, afirma que dada a força dos recentes dados econômicos americanos e europeus, a recuperação em curto prazo será mais forte do que o FMI espera. Ele ainda sugere que revisões para cima podem ser necessárias quando os números do Produto Interno Bruto (PIB) do terceiro trimestre forem publicados. Fonte: Dow Jones Newswires.

Picapes respondem por 12% dos recalls de 2019, aponta pesquisa
5 dicas para conservar (ou comprar) uma picape
As 10 picapes mais vendidas no Brasil em janeiro