Notícias

Pacheco propõe adiamento da votação da MP da Eletrobras para quinta-feira

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), propôs adiar a votação da Medida Provisória que abre caminho para privatização da Eletrobras para a quinta-feira, 17, às 10 horas. O relator da proposta, senador Marcos Rogério (DEM-RO), divulgou nesta quarta-feira seu parecer e deve fazer a leitura da íntegra ainda na sessão deste dia 16 de junho.

“Os senhores e senhoras terão prazo suficiente para conhecimento pleno do parecer do senador Marcos Rogério, podendo naturalmente discuti-lo na data de amanhã e tomar a melhor decisão sobre aprovação ou não do parecer”, disse o presidente do Senado.

A decisão de Pacheco foi tomada após apelos de diversos senadores para adiar a análise da matéria.

Os parlamentares reclamaram de que não houve tempo hábil para analisar o relatório.

Pacheco deverá decidir ainda nesta quarta sobre requerimento de impugnação de alguns trechos da proposta apresentado pelo Podemos.

Pacheco informou ainda que os senadores poderão apresentar propostas de destaques – sugestões que podem alterar o teor do texto – até a quinta às 9 horas.

Saiba mais
+ Modelo brasileiro se casa com nove mulheres e vira notícia internacional
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Receita simples e rápida de asinhas de frango com molho picante
+ Conheça o suco que aumenta a longevidade e reduz o colesterol
+ CNH: veja o que você precisa saber para a solicitação e renovação
+ Vídeo de jacaré surfando em Floripa viraliza na internet
+ Vale-alimentação: entenda o que muda com novas regras para benefício
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Descoberto na Armênia aqueduto mais oriental do Império Romano
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais