Notícias

Pelo menos 2 pessoas já pediram proteção à CPI por ameaças de morte, diz Tasso

O senador Tasso Jeressati (PSDB-CE), um dos participantes da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investiga as responsabilidades das autoridades pelo agravamento da pandemia de covid-19 no Brasil, afirmou neste domingo, 20, que testemunhas da comissão estão recebendo ameaças de morte.

“Pelo menos duas pessoas já pediram proteção à CPI por ameaças de morte. (…) Isso é muito grave, temos uma banalização da morte no Brasil”, lamentou Tasso, ao responder questionamento de Natalia Pasternak, bióloga e presidente do Instituto Questão da Ciência, sobre a segurança de testemunhas da comunidade científica durante live promovida pelo grupo Parlatório.

Veja também

+ Restaurante japonês que fez festa de swing lança prato chamado “suruba”
+ Cantor Ovelha abre frangaria em São Paulo com a ajuda de Ratinho
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Como fazer seu cabelo crescer mais rápido
+ Vem aí um novo megaiceberg da Antártida
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mineral de Marte raro na Terra é achado na Antártida
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Atriz pornô é demitida de restaurante por causa de “cliente cristão”
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?