• IstoÉ
  • IstoÉ Dinheiro
  • Dinheiro Rural
  • Menu
  • Motorshow
  • Planeta
  • Select
  • Gente
  • GoOutside
  • Hardcore
Assine
Anuncie
Capa da edição atual da revista
Edição da SemanaNº 187 08.08Leia mais
Istoé Dinheiro Rural
MenuMenu
FECHAR
Capa da edição atual da revista
Edição da SemanaNº 187 08.08Leia mais
  • Home
  • Últimas notícias
  • Economia
  • Negócios
  • Carreira
  • Estilo no campo
  • Tecnologia
  • As melhores da Dinheiro Rural
  • Siga-nos:Facebook
Notícias17/05/2022

Petróleo fecha em queda, pressionado por notícias sobre alívio na oferta e Powell

Estadão Conteúdo
Texto por:Estadão Conteúdo17/05/22 - 17h41min

O petróleo fechou em queda nesta terça-feira, 17, pressionado por notícias de possíveis alívios do lado da oferta russa e venezuelana. O arrefecimento do dólar ante rivais chegou a dar fôlego aos contratos futuros, mas o movimento não se sustentou. Comentários do presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano), Jerome Powell, sobre o aperto monetário na economia americana também pesaram sobre o óleo.

Na New York Mercantile Exchange (Nymex), o barril do petróleo WTI com entrega prevista para junho fechou em queda de 1,58% (US$ 1,80), a US$ 112,40, e na Intercontinental Exchange (ICE), o do Brent perdeu 2,02% (US$ 2,31), a US$ 111,93.

Após operaram em queda na madrugada, os contratos futuros do óleo chegaram a se recuperar das perdas, ajudados pela fraqueza do dólar. No entanto, o movimento se inverteu depois de circularem no mercado informações de que o governo dos Estados Unidos está se movendo para aliviar algumas sanções impostas à Venezuela. As mudanças permitirão à Chevron negociar sua licença com a estatal Petróleos de Venezuela (PDVSA), disseram dois altos funcionários do governo americano à Associated Press.

Enquanto a União Europeia (UE) segue tendo dificuldades de convencer a Hungria a aceitar um embargo do bloco ao petróleo russo, os Estados Unidos devem sugerir um mecanismo tarifário que seria projetado para manter o óleo russo no mercado, mas limitar a quantidade de receita que pode fluir para Moscou das exportações.

A secretária do Tesouro dos EUA, Janet Yellen, afirmou que o país apoia os esforços da UE para aplicar o embargo e disse que o bloqueio poderia ser combinado com a adoção das tarifas. "Estas são duas coisas que podem ser combinadas", disse Yellen a repórteres em Bruxelas.

De acordo com Edward Moya, da Oanda, se o Ocidente decidir impor tarifas sobre o petróleo russo em vez de um embargo, a oferta será mantida, o que deve limitar o recente rali do petróleo. "O mercado de petróleo continua apertado, mas se a UE adotar a estratégia de colocar tarifas sobre o petróleo russo em vez de eliminá-las gradualmente, a alta dos preços do petróleo pode mostrar alguma exaustão", destacou, em relatório enviado a clientes.

Já no fim do pregão, a commodity aprofundou quedas em meio a comentários de Powell. O banqueiro central afirmou que reduzir a forte inflação nos EUA, que recentemente atingiu seu maior nível em quatro décadas, será uma "tarefa desafiadora" e que provocará algum dano à economia. Segundo ele, há amplo apoio entre os membros do Comitê Federal de Mercado Aberto (Fomc) por um novo aumento de 50 pontos-base no mês que vem.

Saiba mais
+ Modelo brasileiro se casa com nove mulheres e vira notícia internacional
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Receita simples e rápida de asinhas de frango com molho picante
+ Conheça o suco que aumenta a longevidade e reduz o colesterol
+ CNH: veja o que você precisa saber para a solicitação e renovação
+ Vídeo de jacaré surfando em Floripa viraliza na internet
+ Vale-alimentação: entenda o que muda com novas regras para benefício
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Descoberto na Armênia aqueduto mais oriental do Império Romano
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
petroleo