Geral

Pneumologista assume Secretaria da Saúde do Rio de Janeiro

O médico pneumologista Carlos Alberto Chaves de Carvalho vai assumir o cargo de secretário de estado da Saúde, no lugar de Alex Bousquet, que pediu para deixar o posto. Essa não é a única alteração no secretariado fluminense. O professor Comte Bittencourt ficará à frente da pasta da Educação, após a exoneração de Pedro Fernandes. As nomeações do governador em exercício do Rio de Janeiro, Cláudio Castro, serão publicadas em edição extra do Diário Oficial desta sexta-feira (25).

O ex-secretário da Saúde Pedro Fernandes foi afastado e exonerado do cargo na quarta-feira (16). Na sexta-feira anterior (11), ele tinha sido preso na segunda fase da Operação Catarata, deflagrada pela Polícia Civil e pelo Ministério Público do Rio, por suspeita de recebimento de propinas em esquema de contratação fraudulenta de empresas para serviços de assistência social. Pedro Fernandes está em prisão domiciliar.

O pneumologista Carlos Alberto Chaves de Carvalho será o quarto secretário de estado de Saúde do governo. As mudanças realizadas durante a pandemia do novo coronavírus (covid-19) começaram após a saída do secretário Edmar Santos, preso em um desdobramento da Operação Mercadores do Caos, no dia 10 de julho, sob suspeita de integrar uma organização criminosa que fraudou contratos de compra de respiradores pulmonares que seriam usados no combate à covid-19. 

No dia 6 de agosto, Edmar deixou o Batalhão Especial Prisional da Polícia Militar, em Niterói, na Região Metropolitana do Rio, após decisão do ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Benedito Gonçalves. Depois dele, o cargo de secretário foi ocupado por pouco mais de um mês pelo médico Fernando Ferry, que teve como sucessor Alex Bousquet.

Perfis

O médico Carlos Alberto Chaves de Carvalho foi supervisor do Gate-Saúde, Grupo de Apoio Técnico ao Ministério Público do Rio de Janeiro por quase uma década e também foi responsável por reestruturar e dirigir as mais importantes unidades de saúde do estado, como os hospitais Getúlio Vargas, Adão Pereira Nunes, Eduardo Rabelo e João Batista Cáffaro.

Já o professor Comte Bittencourt ocupou os cargos de secretário de Educação e de vice-prefeito do município de Niterói. Além disso, exerceu quatro mandatos na Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), onde presidiu, de 2004 a 2018, a Comissão de Educação da Casa.

Picapes respondem por 12% dos recalls de 2019, aponta pesquisa
5 dicas para conservar (ou comprar) uma picape
As 10 picapes mais vendidas no Brasil em janeiro