Porteira Aberta

Porteira Aberta

O saldo da balança comercial brasileira foi de US$ 40 bilhões. Mais uma vez, o agronegócio foi o que sustentou o resultado positivo. O setor registrou um superávit recorde de US$ 49,7 bilhões. O destaque ficou para o complexo soja, que teve um crescimento de 22,3% nas exportações. Na seqüência, veio a cadeia de carnes, com um aumento de 30,7% nos embarques. Para 2008, o ministro da agricultura, Reinhold Stephanes, estima que o superávit agrícola será de US$ 60 bilhões e que as carnes superarão o complexo soja. Segundo ele, “quem efetivamente mantém o superávit da balança comercial e ainda cobre o déficit dos demais é o setor agrícola”.

REBANHO BOVINO

Os bois sumiram?

Ocenso preliminar feito pelo IBGE e divulgado no final do ano passado causou celeuma no meio rural. Isso porque o instituto publicou um dado que indica que o Brasil tem um rebanho de 169,9 milhões de cabeças. O problema é que, anteriormente, a entidade vinha estimando o número em 205 milhões de cabeças.

ALIMENTOS

Sadia vai às compras

ASadia começou 2008 com apetite. Depois de mostrar interesse em adquirir a Goiaves por aproximadamente R$ 60 milhões, a empresa anunciou que está prestes a fechar a aquisição da empresa Baumhardt, controladora da Excelsior alimentos. Segundo comunicado, a companhia vai adquirir 73,93% do capital da Baumhardt Comércio e Participações Ltda., que, por sua vez, é dona de 80,1% do capital votante e de 43,67% do capital total da Excelsior Alimentos. O valor do negócio não foi revelado

INDÚSTRIA AUTOMOBILÍSTICA

GM em busca de etanol alternativo

Durante o salão do automóvel de Detroit, a General Motors anunciou a parceria com a americana Coskata. O objetivo é desenvolver um etanol alternativo, à base de resíduos agrícolas, pneus e até lixo. A decisão foi tomada por causa da polêmica comida x combustível. De acordo o presidente da Coskata, Bill Roe, a produção em escala do combustível alternativo está prevista para 2011 e será de 50 a 100 milhões de galões.

AVIAÇÃO AGRÍCOLA

Novas regras no céu

Desde janeiro, a aviação agrícola brasileira está operando com novas regras. Entre as principais mudanças anunciadas pelo Ministério da Agricultura, está a exigência de que o transporte aéreo agrícola só seja feito por aeronaves homologadas pela Aeronáutica, para utilização em serviços aéreos especializados. As mudanças estabelecem novos padrões técnicos e de segurança para aviões agrícolas, pista de pouso, equipamentos, produtos químicos, operadores aeroagrícolas e entidades de ensino de pilotos agrícolas.

REFLORESTAMENTO INUSITADO

Morcegos plantadores

Oreflorestamento de áreas degradadas pode ganhar um aliado inusitado: o morcego. Uma pesquisa conduzida pelo Instituto de Biociência da Unesp em parceria com a Embrapa Florestas mostra que esses animais, ao se alimentar de frutas, carregam em seus intestinos sementes de espécies pioneiras. Ao defecar durante o vôo, fazem o plantio natural das sementes. A técnica consiste em atrair os morcegos, por meio de aromas de óleos essenciais feitos à base de frutas, e induzi-los a depositar as sementes em áreas que se queira recuperar. A técnica inovadora está sendo testada com três espécies de morcegos frugíferos.

EDUCAÇÃO

Graduação para assentados

Assentados rurais da região de São Carlos poderão aprimorar seus conhecimentos. A Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) oferecerá no segundo semestre de 2008 a primeira graduação em agronomia para este público. O projeto é fruto de um convênio da universidade com o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra).

COMPLEXO SOJA

Cadeia integrada

A Aprosoja se prepara para colocar em prática um projeto de produção integrada da soja, feito nos mesmos moldes do que ocorre na fruticultura. A idéia é normatizar as práticas produtivas capazes de minimizar riscos ambientais e sociais. Com isso, a entidade espera ampliar o acesso da soja mato-grossense a mercados compradores mais exigentes. O projeto de Produção Integrada de Soja será desenvolvido durante todo o ano, com a realização de palestras, contratação de consultorias e também um teste de campo para avaliar na prática as medidas produtivas sugeridas.

MCDONALD´S X STARBUCKS

Mc espresso

Para competir com a Starbucks, o McDonald’s nos EUA está com planos de instalar máquinas de café nos mais de 14 mil estabelecimentos. De acordo com o jornal econômico The Wall Street Journal, a decisão pode agregar US$ 1 bilhão ao faturamento da rede, que é de US$ 26 bilhões.

LEGISLAÇÃO

SC ganha lei de inovação tecnológica

Tudo indica que as pesquisas agropecuárias de Santa Catarina terão um impulso. O governador do Estado, Luiz Henrique da Silveira, sancionou a Lei de Inovação Tecnológica. Dessa forma, 2% da receita líquida estadual será aplicada em pesquisas. Entre os órgãos que serão beneficiados está a Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina (Epagri).

PEIXE É SAÚDE

Ômega 3 contra o Alzheimer

Estudo feito pela Escola de Medicina da Universidade da Califórnia, em Los Angeles, aponta que o ômega 3, substância encontrada nos peixes, é um agente eficiente para a prevenção do Alzheimer, doença degenerativa comum em idosos. A pesquisa comprovou que a ingestão do componente provoca o aumento de proteínas nos neurônios.

AÇAÍ SOB SUSPEITA

Ministério quer padronização

Asuspeita de transmissão da doença de Chagas por consumo de polpa de açaí levou o Ministério Público a exigir que as agroindústrias produtoras da polpa na região de Belém adaptem seu sistema de pasteurização da fruta a um maior controle de qualidade. O Ministério da Agricultura (Mapa) será o responsável pela inspeção dos estabelecimentos processadores do fruto negro. De acordo com o Mapa, ainda não há comprovação de contaminação da doença de Chagas devido ao consumo das polpas.

VIGÍLIA NO MILHO

Furto causa prejuízos

No sul do País, os agricultores estão alertas em relação aos seus milharais. O motivo é o furto das espigas do milho verde. Nesta fase, em que o cereal está em ponto de ser cozido, é comum as pessoas entrarem na plantação e pegarem algumas espigas. O problema é que de espiga em espiga o prejuízo aumenta. A situação é ainda mais grave para aqueles que têm lavouras próximas à cidade.

AQUISIÇÕES

Bunge à espreita

O CEO global, Alberto Weisser, da multinacional esteve em Mato Grosso. Embora a companhia tenha dito que a visita foi rotineira, nos bastidores a notícia era outra. Os boatos são de que a empresa está à procura de parceiros e averiguando potenciais usinas para compra. Por ora, a única unidade da Bunge é a usina Santa Juliana,

em Minas Gerais.

CANA-DE-AÇÚCAR

Mecanização obrigatória

Acolheita manual de cana-de-açúcar está com os dias contados. Pelo menos é esse o objetivo do projeto de lei do deputado Fernando de Fabinho (DEM-BA), que prevê o fim da colheita manual nas lavouras de cana em um prazo de dez anos. De acordo com a proposta, o governo federal deverá incentivar a mudança na produção, promovendo cursos de capacitação para a mão-de-obra que ficará desempregada com a mecanização. A proposta tramita em caráter conclusivo e ainda será submetida a uma comissão especial, que será criada especificamente para analisá-la.

AQÜICULTURA E PESCA

Infra-estrutura é o foco

Altemir Gregolin, à frente da Secretaria Especial da Aqüicultura e Pesca, que tem status de Ministério, fala dos desafios para 2008

1- Qual é a meta para o ano? Para 2008 é investir na melhoria da infra-estrutura de criação, captura e comercialização do pescado. Entre os programas prioritários está o uso das águas da União para a criação em reservatórios e no mar, cujo imbróglio burocrático que persistia desde 1992 foi resolvido. Também têm início as obras de novos terminais pesqueiros, estamos implantando a infra-estrutura para as comunidades de pescadores artesanais e consolidando a pesca oceânica nacional, com a continuidade do financiamento via Profrota Pesqueira.

2- Há alguma campanha para aumentar o consumo de peixes no Brasil? Desde 2003 nós realizamos a Semana do Peixe, em parceria com a Associação Brasileira de Supermercados (Abras), para promover o consumo de pescado. Estamos incentivando a venda direta do peixe, com o repasse de kits-feiras a grupos de pescadores e introduzindo o pescado na alimentação escolar. Entretanto, eu acredito que o consumo crescerá de forma significativa com o aumento e a regularidade da oferta de pescado, que está sendo viabilizada com as políticas de apoio à produção e à estruturação da cadeia produtiva.

3- Quais os principais projetos em andamento? O desenvolvimento da pesca oceânica, por meio da construção de uma frota nacional via Profrota Pesqueira; o desenvolvimento da aqüicultura, com a demarcação e a cessão das áreas de produção nos reservatórios e no mar; e a melhoria da infra-estrutura, com a implantação de 20 terminais pesqueiros públicos, de fábricas de gelo, entrepostos e pequenos terminais destinados à pesca artesanal. O ordenamento da pesca é outro programa em execução, ao lado do Programa de Subvenção Econômica ao Preço do Óleo Diesel e do trabalho de capacitação, assistência técnica e de crédito, já que além do Profrota nós oferecemos crédito para quase todas as áreas, com programas como o Pronaf Pesca, o Proaqua, o Propesca e o Pescart, via Banco do Brasil, Banco do Nordeste e Banco da Amazônia.

Saiba mais
+ Modelo brasileiro se casa com nove mulheres e vira notícia internacional
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Receita simples e rápida de asinhas de frango com molho picante
+ Conheça o suco que aumenta a longevidade e reduz o colesterol
+ CNH: veja o que você precisa saber para a solicitação e renovação
+ Vídeo de jacaré surfando em Floripa viraliza na internet
+ Vale-alimentação: entenda o que muda com novas regras para benefício
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Descoberto na Armênia aqueduto mais oriental do Império Romano
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais