Notícias

Porto de Santos registra queda de 1,5% na movimentação de cargas no 1º trimestre

São Paulo, 24 – A movimentação de cargas pelo Porto de Santos diminuiu 1,5% no primeiro trimestre deste ano, na comparação com igual período do ano passado, para 30,448 milhões de toneladas. O fluxo de navios nos primeiros três meses do ano registrou redução de 4,1%. Considerando apenas os navios de cargas (excluindo os navios de passageiros, de guerra e outros), o volume das atracações foi reduzido em 4,7%.

Conforme destacou a autoridade portuária de Santos, a queda na movimentação foi ocasionada pela redução de 7,2% no movimento observado em março, que foi afetado pelo decréscimo de 7,5% no escoamento da safra de soja para exportação e também pelas retrações nos embarques de açúcar (-1%) e desembarques de adubo (-37,9%). “Somente essas três cargas representaram uma perda de quase 650 mil toneladas na comparação com o primeiro trimestre de 2018”, afirmou.

Apesar da queda dos embarques do complexo soja (grãos e farelo a granel) no mês passado, no acumulado em três meses o volume exportado ainda mantém expansão de 9,1% em relação a igual etapa de 2018.

A carga conteinerizada também registrou queda no trimestre, de 8,6% na tonelagem e de 12,1% em unidades, sendo que somente em março a baixa foi de 8,5% e 11,6%, respectivamente.

A redução da movimentação geral verificada em março último reverteu a tendência de alta apontada nos dois primeiros meses, inclusive com o total de fevereiro ultrapassando de forma inédita a marca de 10 milhões de toneladas.

Crescimento

No acumulado do primeiro trimestre, destaque para o crescimento de 8,7% nos carregamentos de celulose (solta e conteinerizada), carga que já ocupa a quarta posição no ranking das mercadorias mais exportadas por Santos, destacou a autoridade portuária.

Somente em março, chamou atenção os embarques de café (+174,4%) e carnes conteinerizados e os desembarques de granel de óleo diesel e gasóleo (+86,2%).