Notícias

Portos: Paranaguá passa por testes para análise e liberação remota de cargas

São Paulo, 12 – O Porto de Paranaguá foi escolhido pelo Ministério da Agricultura para participar de testes de um projeto de análise remota de documentação. A intenção é liberar alguns produtos de importação e exportação de maneira mais ágil, informou a Agência Paraná de Notícias, em nota. De acordo com o texto, o porto foi escolhido pelo ministério por ser o segundo maior do País e pelo fato de essa modalidade de controle proporcionar maior agilidade, em especial na área vegetal, na qual o porto de destaca.

A tecnologia abrange mercadorias importadas como matéria-prima para fabricação de fertilizantes. “Nesses processos, é feita apenas a conferência documental, sendo dispensados da vistoria”, diz a nota. Pelo projeto, a conferência será realizada de forma remota, por servidores lotados em outras unidades do Sistema de Vigilância Agropecuária Internacional (Vigiagro). Ainda em fase de testes, se o projeto tiver êxito a ideia é que seja expandido para as demais unidades já a partir de outubro.