Geral

Postos médicos atendem a 491 pessoas no Sambódromo do Rio

Os sete postos médicos pré-hospitalares, montados pela Secretaria Municipal de Saúde no Sambódromo do Rio atenderam, na primeira noite de desfiles do Grupo Especial, a 491 pessoas. Os atendimentos foram feitos entre a noite de domingo (23) e a manhã desta segunda-feira (24). Vinte e um pacientes precisaram ser transferidos para unidades da rede pública, informou a secretaria.

Nas três noites de desfiles na Marquês de Sapucaí, os postos médicos registraram 967 pessoas atendimentos e 46 remoções. Os números superam os registrados no carnaval de 2019, quando foram realizados, de sexta a domingo, 826 atendimentos e 37 remoções. Traumas ortopédicos, intoxicação alcoólica e mal-estar foram as principais queixas das pessoas atendidas.

No posto de vacinação contra o sarampo, que funciona no setor 7, no estande da Vigilância Sanitária, 194 pessoas foram vacinadas. No total, 301 pessoas já receberam a vacina, entre sábado (segunda noite da Série A) e domingo. Nesta segunda-feira (24), o posto de vacinação funcionará das 17h às 23h.

Os postos médicos estão localizados nos setores 1 (concentração), 2, 7, 8, 10 (Rua Salvador de Sá), 11 e Apoteose (dispersão). Ao todo, os postos contam com 32 leitos, sendo oito de suporte avançado e 145 profissionais, entre médicos, enfermeiros, técnicos e equipe de operação e coordenação, em turnos de plantões. Em cada dia, o plantão dispõe, em média, de 30 médicos, 17 enfermeiros e 30 técnicos de enfermagem. Os postos funcionam das 18h30 até a dispersão total de público. A exceção é o desfile das escolas de samba mirins, que acontecerá amanhã (25), a partir das 17h, quando os postos começarão a funcionar mais cedo.

Postos em áreas de desfiles de blocos

A Secretaria Municipal de Saúde também tem postos de atendimento médico montados nas principais áreas de desfiles de blocos de rua, com ações de vacinação contra o sarampo. Ontem (23), domingo de carnaval, os postos médicos que atendem aos blocos de rua em Ipanema e Copacabana, na zona sul, e no Largo da Carioca e Praça Ana Amélia, no centro da cidade, registraram 136 atendimentos, com seis pessoas sendo transferidas para unidades da rede pública.

Os três postos onde os foliões podem se vacinar contra o sarampo estão montados na Praça General Osório, em Ipanema, Praça Antero de Quental, no Leblon, e na estação Jardim Oceânico do metrô, na Saída Mar, na Barra da Tijuca. Nesse domingo (23), 607 pessoas foram vacinadas contra a doença, sendo 294 em Ipanema, 210 no Leblon e 103 na Barra da Tijuca.

A secretaria atua também, durante todo o período de carnaval, com assistência no Sambódromo, além de ações de prevenção, como orientação sobre infecções sexualmente transmissíveis e aids e distribuição de preservativos. O trabalho é feito por técnicos da Vigilância Sanitária.

 

Postos médicos atendem a 491 pessoas no Sambódromo do Rio