• IstoÉ
  • IstoÉ Dinheiro
  • Dinheiro Rural
  • Menu
  • Motorshow
  • Planeta
  • Select
  • Gente
  • GoOutside
  • Hardcore
Assine
Anuncie
Capa da edição atual da revista
Edição da SemanaNº 183 30.11Leia mais
Istoé Dinheiro Rural
MenuMenu
FECHAR
Capa da edição atual da revista
Edição da SemanaNº 183 30.11Leia mais
  • Home
  • Últimas notícias
  • Economia
  • Negócios
  • Carreira
  • Estilo no campo
  • Tecnologia
  • As melhores da Dinheiro Rural
  • Siga-nos:Facebook
Notícias03/09/2021

Prefeitura de SP vai contratar mães para levar alunos de volta à escola

Estadão Conteúdo
Estadão Conteúdo03/09/21 - 14h38min

Cerca de 30% dos estudantes da rede municipal não entregaram nenhuma ou somente partes das atividades escolares durante a pandemia em 2020. Para contornar o problema neste ano, a Prefeitura de São Paulo vai contratar 70 mães para visitar as casas de alunos que estão ausentes das aulas, mesmo no formato online, ou em risco de abandono.

A visita às casas é uma das ações de combate à evasão escolar da Prefeitura anunciadas em entrevista coletiva nesta sexta-feira, 3, em São Paulo.

Outra iniciativa é o plataforma Busca Ativa Escolar, desenvolvida em parceria com o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), para identificar, registrar e acompanhar crianças e adolescentes que estão fora da escola.

O poder municipal vai utilizar uma plataforma do Unicef com dados dos cadastros das secretarias de Educação, Saúde e Assistência e Desenvolvimento Social. "Precisamos de um investimento imediato para fortalecer o vínculo dos estudantes com a escola e trazer de volta quem se desligou da rotina escolar", afirma a chefe do escritório do Unicef em São Paulo, Adriana Alvarenga.

As crianças em risco de abandono receberão as visitas das mães, contratadas a partir do cadastro do Programa de Operação Trabalho (POT), desenvolvido pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo para famílias de baixa renda.

Para facilitar o acesso das mães às residências, elas vão atuar no entorno de suas casas, na própria região em que moram, com um questionário preparado previamente pela Prefeitura. A remuneração será de R$ 1.150 mensais em um contrato de seis meses.

Também serão contratados 39 estagiários, estudantes dos cursos de psicologia e políticas públicas. Dados da Secretaria de Educação indicam cerca de 1 milhão de estudantes da rede municipal. Do total, cerca de 570 mil estão em situação de pobreza ou extrema pobreza.

Questionado sobre a implantação do programa no segundo semestre do ano letivo, o secretário Fernando Padula afirmou que as medidas estão se somando. "A preocupação com a evasão não começou agora. Estamos trabalhando em rede. É um aprimoramento de uma ação que sempre foi uma preocupação", afirmou.

Exploração sexual

O programa também possui uma parceria com o Instituto Liberta para combater a exploração sexual, um dos motivos que podem provocar a evasão escolar. A parceria prevê o treinamento dos profissionais da Educação e a distribuição de materiais de campanhas de conscientização na rede municipal de ensino.

Dados do Ministério da Saúde revelam que 70% das violências sexuais acontecem dentro de casa. De acordo com o Anuário Brasileiro da Segurança Pública, 85% das violências são praticadas por pessoas muito próximas.

"A escola precisa estar preparada para ser um espaço de proteção onde crianças e adolescentes sintam confiança para pedir ajuda quando vítimas de violência sexual, em especial a violência intrafamiliar", explicou Luciana Temer, presidente do Instituto.

Saiba mais
+ Modelo brasileiro se casa com nove mulheres e vira notícia internacional
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Receita simples e rápida de asinhas de frango com molho picante
+ Conheça o suco que aumenta a longevidade e reduz o colesterol
+ CNH: veja o que você precisa saber para a solicitação e renovação
+ Vídeo de jacaré surfando em Floripa viraliza na internet
+ Vale-alimentação: entenda o que muda com novas regras para benefício
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Descoberto na Armênia aqueduto mais oriental do Império Romano
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais