Negócios

Prejuízo líquido da Terra Santa cresce 130% no 3º tri para R$ 53,337 milhões

Prejuízo líquido da Terra Santa cresce 130% no 3º tri para R$ 53,337 milhões

ALIMENTO26 - BSB - ESPECIAL ALIMENTOS - SOJA - FORMOSO DO ARAGUAIA (TO) - 04-09-08 - Projeto da EMBRAPA com soja resistente a altas temperaturas no cerrado. revista dinheiro rural ed 86 FOTO: CELSO JUNIOR/AE

São Paulo, 5 – A Terra Santa registrou prejuízo líquido de R$ 53,337 milhões no terceiro trimestre deste ano, informou a companhia. O prejuízo é 130,02% maior do que o registrado em igual período do ano passado, de R$ 23,188 milhões.

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) somou R$ 32,213 milhões no terceiro trimestre, avanço de 42,3% ante um ano antes, quando o Ebitda foi de R$ 22,633 milhões.

Em termos ajustados, o Ebitda passou de R$ 25,793 milhões no terceiro trimestre do ano passado para R$ 27,341 milhões em igual período deste ano, avanço de 6,00%.

A receita líquida somou R$ 255,719 milhões no terceiro trimestre, recuo de 4,51% ante igual período do ano passado. O resultado financeiro líquido foi negativo em R$ 60,66 milhões no terceiro trimestre, ante resultado financeiro líquido também negativo, em R$ 29,22 milhões, um ano antes.

Em comunicado, a companhia destacou que este trimestre costuma ser de baixa geração de caixa porque “o faturamento e expedição da soja ocorrem em sua maioria nos primeiros e segundos trimestres do ano”, e também porque o algodão deve passar por processo beneficiamento que vai até o ano seguinte.

A empresa afirmou ainda que “a marcação do resultado do 3T19 indica um Ebitda ajustado da companhia para safra 18/19 de R$ 154,3 milhões contra um Ebitda ajustado de R$ 186,5 da safra 17/18”.