Economia

Produção de café no PR deve recuar 9% em 2021 e preço pode aumentar

Crédito: Arquivo/Agência Brasil

Levantamento aponta que o Paraná deverá produzir 873 mil sacas de café, redução de 9% em relação à produção do ano passado (Crédito: Arquivo/Agência Brasil )

São Paulo, 28 – A produção paranaense de café na safra 2021 deve ter uma redução de 9% em comparação com o ciclo de 2020. Isso se deve à bienalidade negativa da cultura (queda natural da produção após uma safra anterior muito produtiva) e à severa estiagem do ano passado. A análise está no Boletim de Conjuntura Agropecuária, feito pelo Departamento de Economia Rural (Deral), da Secretaria da Agricultura e do Abastecimento, referente à semana de 22 a 28 de maio.

O levantamento mais recente realizado pelos técnicos do Deral aponta que o Paraná deverá produzir 873 mil sacas de café, redução de 9% em relação à produção do ano passado.

+ Café: produtores brasileiros usam abelhas para aumentar a produtividade

A área coberta com cafeicultura está estimada em 33,3 mil hectares, uma perda de 4% em comparação com a extensão do ciclo anterior.

O ponto positivo é que as cotações no mercado físico permanecem em alta. Nos últimos 12 meses, o preço médio recebido pelos produtores paranaenses valorizou-se 39,8%.

O mês de maio está fechando com valor de R$ 719,61 a saca. Em igual período de 2020, estava em R$ 514,70.

Veja também

+ Restaurante japonês que fez festa de swing lança prato chamado “suruba”
+ Cantor Ovelha abre frangaria em São Paulo com a ajuda de Ratinho
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Como fazer seu cabelo crescer mais rápido
+ Vem aí um novo megaiceberg da Antártida
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mineral de Marte raro na Terra é achado na Antártida
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Atriz pornô é demitida de restaurante por causa de “cliente cristão”
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?