Economia

Produção de etanol no Brasil deve cair 16% em 2020, diz USDA

Crédito: Arquivo / Dinheiro Rural

O volume representa queda de 16% ante 2019, quando a produção somou 37,38 bilhões de litros (Crédito: Arquivo / Dinheiro Rural)

São Paulo, 9 – A produção brasileira de etanol deve totalizar 31,35 bilhões de litros em 2020, de acordo com estimativa do escritório do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) em São Paulo. O volume representa queda de 16% ante 2019, quando a produção somou 37,38 bilhões de litros.

A expectativa de menor produção se deve ao mix menos alcooleiro adotado pelas usinas do Brasil por causa dos efeitos da pandemia de covid-19, disse o USDA.

+ Etanol põe ministérios em lados opostos
+ Etanol/EUA: produção recuou 0,96% na semana, para 922 mil barris/dia

O consumo total de etanol para uso como combustível é estimado em 26,78 bilhões de litros, queda de 18% ante 2019. Segundo o USDA, medidas de distanciamento social e uma desaceleração econômica associadas à pandemia estão afetando a demanda por combustíveis.

As exportações brasileiras de etanol em 2020 devem somar 1,9 bilhão de litros, em comparação a 1,941 bilhão de litros em 2019, disse o USDA. Já as importações devem passar de 1,457 bilhão para 1,5 bilhão de litros.

A produção de biodiesel em 2020 foi estimada em 6,27 bilhões de litros, um aumento de 6% ante o ano anterior.

Picapes respondem por 12% dos recalls de 2019, aponta pesquisa
5 dicas para conservar (ou comprar) uma picape
As 10 picapes mais vendidas no Brasil em janeiro