Economia

Produtores despejam leite nos EUA com coronavírus reduzindo a demanda

Crédito: Reprodução/USDA

Basicamente, devido ao curto prazo de validade do leite, não é possível manter os estoques por muitos dias. E a queda na demanda faz com quem os fazendeiros despejem o leite (Crédito: Reprodução/USDA)

Os impactos da crise do coronavírus já atingiu os produtores de leite no Estado norte-americano de Wisconsin. Por lá, os criadores começaram a jogar leite fora por causa da queda brusca na demanda da bebida.

Segundo o Wisconsin State Journal, o setor de agronegócios e laticínios já pediu ajuda ao governo federal para evitar esta situação.

Por lá, o fechamento generalizado de escolas e restaurantes e o declínio nas exportações impactou diretamente na procura pelo produto e dos seus derivados.

+ Ministério da Agricultura busca formas de ampliar escoamento da produção de leite
+ Homeopatia para gado de leite evita parasitas resistentes a medicamentos
+ Governo de São Paulo vai doar leite para 21 mil idosos 

Basicamente, devido ao curto prazo de validade do leite, não é possível manter os estoques por muitos dias. E a queda na demanda faz com quem os fazendeiros despejem o leite.

A indústria de processamento da bebida também não tem dado conta de comprar o produto dos agropecuaristas. Isso porque o mercado reduziu intensamente as compras de itens como queijos, manteiga e iogurtes.

Diretor executivo da Wisconsin Cheese Makers, John Umhoefer disse, ao Wisconsin State Journal, que uma situação como essa não tem precedentes, com todos os estabelecimentos comerciais fechados ou em operação reduzida.

A saída vista pela Cheese Makers Association e a Dairy Business Association foi pedir socorro ao governo. Solicitaram ao Departamento de Agricultura dos EUA que compre, massivamente, os produtos lácteos.

Além do desperdício e das perdas financeiras, despejar o leite pode acarretar sérios problemas ambientais, já que a bebida é considerada um poluente. Entre os principais é levar à morte de peixes e causar outros impactos nos sistemas hídricos.