• IstoÉ
  • IstoÉ Dinheiro
  • Dinheiro Rural
  • Menu
  • Motorshow
  • Planeta
  • Select
  • Gente
  • GoOutside
  • Hardcore
Assine
Anuncie
Capa da edição atual da revista
Edição da SemanaNº 186 26.05Leia mais
Istoé Dinheiro Rural
MenuMenu
FECHAR
Capa da edição atual da revista
Edição da SemanaNº 186 26.05Leia mais
  • Home
  • Últimas notícias
  • Economia
  • Negócios
  • Carreira
  • Estilo no campo
  • Tecnologia
  • As melhores da Dinheiro Rural
  • Siga-nos:Facebook
Notícias14/02/2022

Projeção do Focus de alta do PIB de 2022 permanece em 0,30%, mas recua em 2023

Estadão Conteúdo
Texto por:Estadão Conteúdo14/02/22 - 09h13min

O Relatório de Mercado Focus divulgado nesta segunda-feira trouxe manutenção na previsão mediana para a expansão do Produto Interno Bruto (PIB) de 2022, que continuou em 0,30%. Há um mês, a estimativa era de 0,29%.

Considerando apenas as 39 respostas nos últimos cinco dias úteis, a estimativa para o PIB no fim de 2022 passou de 0,21% para 0,40%. O Boletim não traz mais a expectativa para o resultado do PIB do ano passado. Para 2023, a mediana cedeu de 1,53% para 1,50% - de 1,75% há quatro semanas.

Para 2024, a estimativa seguiu em 2,00%, mesma projeção de quatro semanas atrás. O Relatório Focus ainda trouxe a mediana para 2025, que também continuou em 2,00%. Há um mês, a estimativa de crescimento do PIB em 2025 já era de 2,00%.

O Relatório de Mercado Focus também mostrou hoje que a projeção para o indicador que mede a relação entre a dívida líquida do setor público e o PIB para 2022 passou de 61,75% para 60,90%, ante 62,50% de um mês atrás.

O texto trouxe ainda alteração na relação entre o déficit primário e o PIB deste ano, de 1,00% para 0,97%. Há um mês, o porcentual estava em 0,96%. Já a relação entre déficit nominal e PIB em 2022 passou de 8,50% para 8,00%. Há quatro semanas, estava em 7,88%.

Em relação a 2023, a estimativa para a dívida líquida em relação ao PIB passou de 65,22% para 64,30%, de 66,25% há um mês. A mediana para o déficit primário continuou em 0,50% do PIB e para o rombo nominal seguiu em 7,10%. Os porcentuais eram de 0,63% e 7,03%, respectivamente, há quatro semanas.

O resultado primário reflete o saldo entre receitas e despesas do governo, antes do pagamento dos juros da dívida pública. Já o resultado nominal reflete o saldo já após as despesas com juros.

Déficit em c/c

Os economistas do mercado financeiro alteraram a projeção de déficit em conta corrente do balanço de pagamentos em 2022, de US$ 22,60 bilhões para US$ 22,14 bilhões, de US$ 24,00 bilhões de um mês atrás. Em 2023, a expectativa para o rombo em conta corrente continuou em US$ 34,44 bilhões. Há um mês, era de US$ 27,50 bilhões.

Para os analistas consultados semanalmente pelo BC, o ingresso de Investimento Direto no País (IDP) será suficiente para cobrir o resultado deficitário nesses anos. A mediana das previsões para o IDP em 2022 seguiu em US$ 60,00 bilhões, ante US$ 58,00 bilhões de um mês atrás. Para 2023, continuou em US$ 70,00 bilhões, mesmo valor de quatro semanas antes.

No caso da balança comercial em 2022, a estimativa de superávit se manteve em US$ 58,40 bilhões, de US$ 56,00 bilhões de um mês atrás. Para 2023, seguiu em US$ 51,00 bilhões, mesmo valor de quatro semanas antes.

Saiba mais
+ Modelo brasileiro se casa com nove mulheres e vira notícia internacional
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Receita simples e rápida de asinhas de frango com molho picante
+ Conheça o suco que aumenta a longevidade e reduz o colesterol
+ CNH: veja o que você precisa saber para a solicitação e renovação
+ Vídeo de jacaré surfando em Floripa viraliza na internet
+ Vale-alimentação: entenda o que muda com novas regras para benefício
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Descoberto na Armênia aqueduto mais oriental do Império Romano
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
BC