Notícias

Receita com exportação de suco cai 38,6% em março ante março de 2018

São Paulo, 1 – A receita total com exportação de suco de laranja do Brasil recuou 38,6% em março deste ano na comparação com igual mês de 2018, de US$ 217,3 milhões para US$ 133,5 milhões, informou nesta segunda-feira, 1º de abril, a Secretaria Especial de Comércio Exterior e Assuntos Internacionais do Ministério da Economia. Em relação a fevereiro de 2019, houve queda de 29,1% ante os US$ 188,2 milhões registrados.

O volume total de suco de laranja exportado no mês passado foi de 170 mil toneladas, baixa de 32,4% em relação às 251,4 mil toneladas de março de 2018 e de 22,6% ante o total de 219,5 mil toneladas de fevereiro de 2019. Os dados consideram 19 dias úteis do mês passado.

Com o resultado de março, as vendas acumuladas de suco no primeiro trimestre de 2019 alcançaram 527,8 mil toneladas, 13,9% a menos que o total de 613,1 mil toneladas embarcado em igual intervalo de 2018. A receita acumulada entre janeiro e março somou US$ 429,4 milhões 20,4% abaixo dos US$ 539,7 milhões de igual período de 2018.

Em março, as vendas de suco de laranja concentrado e congelado (FCOJ) movimentaram US$ 53,4 milhões, recuo de 44,4% na comparação com os US$ 96,1 milhões de março de 2018 e aumento de 21,4% sobre o total de US$ 44 milhões de fevereiro de 2019. O volume exportado de FCOJ ficou em 28,3 mil toneladas em março, 46,3% a menos ante o total de 52,7 mil toneladas de março de 2018, mas 23% maior que o volume de 23 mil toneladas de fevereiro deste ano.

O faturamento com as vendas de suco não concentrado e não congelado (NFC) no terceiro mês de 2019 foi de US$ 80,1 milhões, queda de 33,9% sobre os US$ 121,2 milhões de receita em março de 2018 e de 44,5% ante os US$ 144,2 milhões de fevereiro de 2019. Já o volume exportado de NFC foi de 141,7 mil toneladas no mês passado, baixa de 28,7% sobre as 198,7 mil toneladas de março do ano passado e de 27,9% ante 196,6 mil toneladas de fevereiro deste ano.