Notícias

Recurso para crédito em safra tem de ser no mínimo o mesmo da atual, diz ministra

São Paulo, 12 – O total de recursos a serem destinados ao crédito rural na safra 2019/20 deve ser no mínimo o mesmo do ano passado, valor que alcançou R$ 194,37 bilhões para médios e grandes produtores e R$ 31 bilhões para a agricultura familiar. A declaração é da ministra da Agricultura, Tereza Cristina e foi dada na segunda-feira, 11, em reunião com a diretoria da Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (Contag), conforme nota do ministério.

De acordo com a Pasta, Tereza Cristina disse que, nas negociações com a equipe econômica do governo, o montante da safra 2018/19 tem sido a base para as conversas.

A safra 2019/20 se inicia em 1º de julho deste ano e vai até 30 de junho de 2020. A ministra ressaltou que esse montante de recursos “é o mínimo”.

“Não pode diminuir isso. Queremos aumentar, mas vamos partir dessa base”, disse Tereza Cristina, acrescentando que a ideia do governo é “privilegiar o pequeno e o médio produtor”.

Sobre a reforma agrária e a entrega de títulos de propriedade a assentados, ela disse que essas medidas são “prioridade zero” em sua gestão, além do georreferenciamento dessas áreas. “Quem já pode ter títulos vai ter. Acabei de falar isso na Casa Civil. Nós temos que ver como é que nós vamos arrumar recurso para fazer o georreferenciamento e ter o registro. Isso porque muitas vezes você faz o georreferenciamento, mas as pessoas não têm como registrar a propriedade”, explicou, conforme nota do Ministério da Agricultura.