• IstoÉ
  • IstoÉ Dinheiro
  • Dinheiro Rural
  • Menu
  • Motorshow
  • Planeta
  • Select
  • Gente
  • GoOutside
  • Hardcore
Assine
Anuncie
Capa da edição atual da revista
Edição da SemanaNº 185 08.04Leia mais
Istoé Dinheiro Rural
MenuMenu
FECHAR
Capa da edição atual da revista
Edição da SemanaNº 185 08.04Leia mais
  • Home
  • Últimas notícias
  • Economia
  • Negócios
  • Carreira
  • Estilo no campo
  • Tecnologia
  • As melhores da Dinheiro Rural
  • Siga-nos:Facebook
Economia10/12/2021

Safra de laranja 2021/22 em SP/MG deve ser de 264,14 milhões de caixas

O resultado corresponde a uma perda de 30 milhões de caixas em relação à expectativa inicial

O resultado corresponde a uma perda de 30 milhões de caixas em relação à expectativa inicial

(Créditos: Arquivo / Embrapa)
Estadão Conteúdo
Texto por:Estadão Conteúdo10/12/21 - 11h47min - Atualizado em 10/12/21 - 12h59min

São Paulo, 10 - A safra de laranja 2021/22 do cinturão citrícola de São Paulo e Triângulo/Sudoeste Mineiro deve alcançar 264,14 milhões de caixas de 40,8 kg. O resultado corresponde a uma perda de 30 milhões de caixas em relação à expectativa inicial, de maio, o equivalente a 10,21%. Em comparação com a previsão anterior, de setembro (267,87 milhões de caixas), a queda é de 1,39%. Os números fazem parte da segunda reestimativa do Fundo de Defesa da Citricultura (Fundecitrus), realizada com a cooperação da Markestrat, FEA-RP/USP e FCAV/Unesp, divulgada nesta sexta-feira. Conforme o estudo, da safra total, cerca de 23,46 milhões de caixas deverão ser produzidas no Triângulo Mineiro.

O Fundecitrus explica em comunicado que as condições climáticas adversas nesta temporada, que incluem a mais severa seca em quase um século e sucessivas geadas, inibiram o crescimento das laranjas e aumentaram a queda prematura de frutos. O volume acumulado de chuvas de maio a novembro de 2021 foi de 344 milímetros, em média nas regiões do cinturão citrícola, 31% abaixo da normal climatológica (1981-2020), de acordo com dados da Somar/Climatempo Meteorologia.

+ Preço de suco de laranja no varejo dos EUA atinge maior nível em 20 anos

Segundo o Fundecitrus, esse padrão de chuvas inferior à média histórica ocorreu em 11 regiões com diferentes intensidades: -3% no Triângulo Mineiro; -18% em Bebedouro; -51% em Votuporanga; -13% em São José do Rio Preto; -26% em Matão; -42% em Duartina; -35% em Brotas; -30% em Porto Ferreira; -50% em Limeira; -42% em Avaré; e -30% em Itapetininga. Apenas na região de Altinópolis o volume de chuvas foi diferente das demais e ficou 16% acima da média.

"A estiagem intensa reduziu o nível de água dos rios e reservatórios, dificultando a disponibilidade até mesmo para os pomares com sistema de irrigação instalado, que abrangem mais de 30% da área do cinturão citrícola", informa o Fundecitrus.

No geral, a gravidade da seca só começou a diminuir em outubro, único mês desde o início da safra em que as chuvas superaram a média histórica. O quadro de chuvas observado, com estiagens regionalizadas, é típico do fenômeno climático La Niña, que está em atuação desde a primavera e deve se estender até o outono de 2022.

O Fundecitrus destaca, ainda, que a colheita avançou e, em meados de novembro, alcançou cerca de 65% da produção total, mas ainda está em ritmo mais lento que o normal por causa das condições climáticas desfavoráveis e da maior concentração de frutos de segunda florada.

A colheita das variedades precoces Hamlin, Westin e Rubi foi finalizada; das outras precoces, Valência Americana, Seleta e Pineapple, atingiu 90%; Pera Rio, 70%; Valência e Valência Folha Murcha, 43%; e Natal, 39%.

Saiba mais
+ Modelo brasileiro se casa com nove mulheres e vira notícia internacional
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Receita simples e rápida de asinhas de frango com molho picante
+ Conheça o suco que aumenta a longevidade e reduz o colesterol
+ CNH: veja o que você precisa saber para a solicitação e renovação
+ Vídeo de jacaré surfando em Floripa viraliza na internet
+ Vale-alimentação: entenda o que muda com novas regras para benefício
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Descoberto na Armênia aqueduto mais oriental do Império Romano
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
Como funciona a safra da laranja?