Sustentabilidade

Salles: Brasil tem situação muito distinta da que vem sendo alardeada

São Paulo, 09/09 – Questionado sobre empresas que pararam de comprar produtos brasileiros por causa das queimadas, o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, disse que o Brasil deve apostar na comunicação e em mostrar que a imagem do País no exterior não corresponde à realidade. “Nossa obrigação é esclarecer, trazer dados, o máximo de informação”, afirmou em entrevista coletiva após evento organizado pelo Grupo de Líderes Empresariais (Lide) em São Paulo. É “para mostrar que a situação daquilo que está sendo feito e daquilo que temos em termos de ativos e mercados no Brasil é muito distinta da que vem sendo alardeada por alguns, tanto nacionalmente quanto internacionalmente”, acrescentou.

Sobre as declarações da Alta Comissária de Direitos Humanos da ONU, Michelle Bachelet, que nesta segunda-feira voltou a criticar o presidente Jair Bolsonaro e a política ambiental brasileira, Salles, sem citá-la diretamente, disse: “Tomamos todas as atitudes que poderíamos tomar em resposta ao aumento das queimadas. A tendência já é de controle”, afirmou. “O governo federal determinou inédita operação de Garantia da Lei e da Ordem ambiental, colocando à disposição dos Estados mais de quatro mil homens no emprego dessas ações por parte das Forças Armadas, diversas aeronaves, investimento significativo.”