Geral

SC financia ‘kit forrageira’ para estimular produção de leite e carne a pasto

Crédito: Arquivo / Embrapa

Segundo a pasta, a expectativa é atender 3 mil produtores no Estado (Crédito: Arquivo / Embrapa)

São Paulo, 6 – O Estado de Santa Catarina está investindo R$ 7,2 milhões para fornecer a pecuaristas de leite e de corte um “kit forrageira”, formado por mais de 80 produtos para a produção de leite e de carne a pasto. A informação é da Secretaria da Agricultura, da Pesca e do Desenvolvimento Rural, em nota. Segundo a pasta, a expectativa é atender 3 mil produtores no Estado.

+ CMN limita a 6% ao ano taxa de financiamento a produtores de leite

“O kit forrageira já pode ser acessado pelos produtores rurais que querem melhorar a produção de pastagem em Santa Catarina”, diz o secretário Altair Silva. “É uma linha (de crédito) importante para incentivar a pecuária catarinense e nós estamos otimistas com o resultado este ano.” Segundo a secretaria, o kit custa até R$ 6 mil, que podem ser pagos em três parcelas anuais e sem juros. Caso o pagamento seja feito em parcela única, o agricultor receberá um desconto de 30% sobre o valor da segunda parcela e de 60% sobre o valor da terceira parcela.

São beneficiários do Programa produtores rurais que se enquadram nos critérios do Pronaf. Será permitida também a participação de agricultores com propriedades maiores do que quatro módulos fiscais, desde que promovam o melhoramento de pastagem.

Veja também

+ Restaurante japonês que fez festa de swing lança prato chamado “suruba”
+ Cantor Ovelha abre frangaria em São Paulo com a ajuda de Ratinho
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Como fazer seu cabelo crescer mais rápido
+ Vem aí um novo megaiceberg da Antártida
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mineral de Marte raro na Terra é achado na Antártida
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Atriz pornô é demitida de restaurante por causa de “cliente cristão”
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?