Economia

SC vai aceitar Guias de Trânsito Animal enviados por celulares

Crédito: Secretaria de Estado da Agricultura de SC

Antes desta alteração no critério, os produtores rurais tinham que realizar a impressão da guia e enviar à Cidasc (Crédito: Secretaria de Estado da Agricultura de SC)

A Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina (Cidasc) mudou as regras para os produtores rurais que realizam transporte de animais. Devido aos problemas que o agronegócio enfrenta em meio à pandemia do coronavírus, agora será possível enviar as Guias de Trânsito Animal (GTAs) em formato digital.

Antes desta alteração no critério, os produtores rurais tinham que realizar a impressão da guia e enviar à Cidasc. Agora, será possível realizar o processo por telefone celular ou por outro meio digital.

+ Santa Catarina anuncia medidas para minimizar prejuízos com a estiagem

A medida vale para trânsito de animais dentro e fora do Estado e para todas as finalidades, obedecendo as orientações do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

A GTA é um documento de emissão obrigatória para o trânsito intraestadual e interestadual de animais com finalidades como abate, recria, engorda, reprodução, exposição, leilão e esporte.

Há mudanças também na apresentação de documentos que acompanham a GTA. Para o trânsito dentro do estado, os exames e certificados podem ser apresentados digitalmente. Já para o trânsito interestadual, só serão aceitos os documentos impressos.

Picapes respondem por 12% dos recalls de 2019, aponta pesquisa
5 dicas para conservar (ou comprar) uma picape
As 10 picapes mais vendidas no Brasil em janeiro