Cocheira

Homenagem: Colecionador de Prêmios

Homenagem: Colecionador de Prêmios

Fotos:Kelsen Fernandes, Marco Ankosqui, PEDRO DIAS

O ex-ministro da Agricultura, Roberto Rodrigues, engenheiro agrônomo formado pela Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq), tem mais um troféu para chamar de seu. No mês passado, Rodrigues, que atualmente divide sua rotina entre a coordenação do Centro de Agronegócios da Fundação Getúlio Vargas e pesquisas do Instituto de Estudos Avançados da USP, recebeu nos Estados Unidos o prêmio Distinguished Service Award (DSA), a mais alta honraria concedida pelo movimento mundial das cooperativas de crédito. O prêmio é dado às personalidades que contribuiram para a expansão e fortalecimento da inclusão financeira para além de seus países.

É DO BRASIL
Reeleição na Suíça

O brasileiro Guilherme Antonio da Costa Júnior foi reeleito, no mês passado, durante reunião em Genebra, na Suíça, vice-presidente do Codex Alimentarius, fórum internacional de normatização do comércio de alimentos estabelecido pela Organização das Nações Unidas (ONU). O brasileiro, que é médico veterinário e fiscal federal agropecuário do Mapa, terá papel importante em temas relacionados à rotulagem de alimentos, higiene alimentar, aditivos alimentares, resíduos de pesticidas e de medicamentos veterinários.

QUEDA LIVRE
Crise nos ovinos

Após registrar o abate recorde, sob inspeção federal, de 334,7 mil ovinos, em 2009, a ovinocultura brasileira amarga quedas sucessivas. No ano passado, foram abatidos 95,8 mil animais, o menor valor registrado nos últimos 10 anos. Embora os reais motivos ainda não estejam claros, tudo leva a crer que a redução drástica da produção formal ao longo dos últimos anos, seja uma das causas  principais. Para 2015, os dados indicam mais um ano de retração para os abates, com redução acima de 40%.

Extinção
Mudanças no café

O deputado federal Evair de Melo (PV-ES), secretário da Frente Parlamentar do Café, confirmou que foi desativado, no último dia 13 de julho, o Departamento do Café (DCAF), do Ministério da Agricultura. Segundo Melo, a mudança extinguiu ainda, a Secretaria de Produção e Agroenergia, à qual o DCAF estava subordinado. Com o remanejamento, a maior parte das decisões relativas ao setor caberá ao Conselho Deliberativo da Política do Café (CDPC).

REFORÇO
Adama contrata

O executivo Johannes Castellano, foi anunciado, no mês passado, como diretor de gestão de pessoas no Brasil da israelense Adama, empresa global do setor de agroquímicos, que faturou US$ 3,22 bilhões em 2014. Johannes, participou da fundação da Azul Linhas Aéreas, em 2008, e foi um dos responsáveis por levar a companhia do empresário David Neeleman à  terceira colocação no ranking da aviação comercial brasileira, em 2011. Com 25 anos, de experiência o executivo terá o desafio de reter e atrair os profissionais mais qualificados do mercado e fortalecer os valores internos da organização.