Cocheira

A voz de Ometto

A voz de Ometto

Foto MARCO ANKOSQUI / AG. ISTOE

Já é oficial a entrada de Pedro Mizutani, vice-presidente de Relações Externas e Estratégia da Raízen, na presidência do conselho deliberativo da União da Indústria de Cana-de-Açúcar (Unica). Mizutani, que é o braço direito de Rubens Ometto no setor sucroenergético, tem a missão de levar mais associados à entidade para ampliar sua representatividade no mercado. Para ter uma voz ainda mais ativa, o VP de Ometto também vai integrar os conselhos deliberativos do Sindicato da Indústria de Fabricação do Álcool no Estado de São Paulo (Sifaesp) e do Sindicato da Indústria do Açúcar no Estado de São Paulo (Siaesp).

CENSO AGROPECUÁRIO

IBGE
sem verba

O Censo Agropecuário, pesquisa que fornece dados estatísticos oficiais sobre o agronegócio brasileiro, não será realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) no ano que vem. Segundo o órgão, as restrições orçamentárias impedem a pesquisa, que já em 2016 exige investimentos para a contratação de 1,4 mil pessoas. O valor previsto para a realização do censo foi reduzido de R$ 330,8 milhões para R$ 266,9 milhões. Esta é a segunda vez que a pesquisa é adiada, sem data para acontecer. A última edição foi publicada em 2006. Lamentável.

MERCADO
Investida francesa

A Business France, agência de apoio à internacionalização da economia francesa, acaba de fechar um acordo com a Sociedade Rural Brasileira para vender produtos franceses para os brasileiros. Uma rodada de negócios está marcada para fevereiro de 2017, em Paris, onde as empresas e os produtores brasileiros se encontrarão com fabricantes franceses de maquináriosagrícolas. Na França, esse setor movimentou E 5 bilhões e 70% da produção foi exportada em 2015.

LEGISLAÇÃO
Agora vai

Nas mãos de deputados e senadores desde 2011, o substitutivo do Projeto de Lei 330, de autoria da senadora Ana Amélia (PP/RS), que estabelece regras para os contratos de integração entre produtores e indústrias, finalmente foi aprovado pelo Plenário Senado e está aguardando a sanção da Presidência da República. Para o setor, a nova lei pode abolir as assimetrias dos contratos, que aconteciam devido às diferenças de poder econômico entre as partes.

EXPORTAÇÃO
Mais comida americana

O acordo de Parceria Trans-Pacífico (TPP) está rendendo bons frutos para os Estados Unidos, que pretende avançar com força na exportação de alimentos para o Vietnã. Em 2015, o país asiático foi o 11º principal importador da agricultura americana, com aquisições na ordem de US$ 2,3 bilhões. Para atender às regras da TPP, o Vietnã vai reduzir, e eventualmente eliminar, a tarifa de importação, que hoje é de 16%, de uma ampla gama de produtos a fim de dar aos Estados Unidos uma vantagem sobre os concorrentes que não fazem parte do acordo de parceria.