Estilo no Campo

Abobrinha na publicidade

Como a Hortifruti cresceu no varejo transformando suas frutas e verduras em "estrelas de cinema"

Quem passa pelas principais ruas das capitais dos Estados do Rio de Janeiro e Espírito Santo dificilmente fica indiferente ao se deparar com outdoors, no mínimo inusitados, espalhados por essas cidades. Neles, se observam frutas, legumes e verduras apresentados como estrelas de Hollywood e transformados em “protagonistas” de clássicos do cinema, em títulos parodiados como “A Incrível Rúcula” (o incrível Hulk), “Batatas do Caribe” (Piratas do Caribe), “E o Coentro Levou” (e o vento levou), entre outros. As divertidas peças fazem parte de uma série de campanhas publicitárias produzidas pela Hortifruti, rede varejista especializada em frutas, legumes e verduras (FLV), que com criatividade e bom humor conseguiu uma inédita exposição de sua marca e se tornou um caso de sucesso da publicidade rural. “Queríamos nos diferenciar nesse mercado, sem ficar apenas focando o preço. Com esse tipo de campanha conquistamos uma identidade junto aos consumidores”, afirma a diretora de marketing da Hortifruti, Fernanda Hertel.

Criada há 20 anos, a empresa, que possui 20 lojas espalhadas pelas duas capitais, começou a apostar no marketing irreverente há pouco mais de oito anos. Com inteligência, as peças publicitárias sempre colocaram os alimentos como protagonistas em diversas situações. Um dos exemplos está na campanha que inventou a revista “Cascas”, numa explícita paródia à publicação Caras, do mundo das celebridades – em outro os vegetais aparecem como artistas do show biz. “Conseguimos dar vida a um produto comum. Recebemos centenas de e-mails sugerindo novos ‘personagens’ e interagindo com a campanha”, analisa a diretora de criação da MP Publicidade, agência responsável pela criação das peças, Mônica Debanné.

Com investimento de R$ 800 mil somente na campanha “Hollywood”, a empresa garante que a exposição ajudou a impulsionar o negócio e a expectativa é de fechar 2009 com um faturamento de R$ 380 milhões, crescimento de 15% em relação a 2008. “Hoje temos uma identidade diferenciada no setor”, pondera Fernanda. Como para crescer no mercado apenas propaganda não basta, a empresa está investindo na implantação de um rigoroso programa de controle de qualidade de seus produtos junto aos produtores. “Grande parte dos nossos fornecedores é exclusiva e segue um plano de qualidade, algo essencial nesse tipo de mercado”, finaliza Fernanda.

Marca reconhecida : com publicidade

irreverente, Hortifruti conseguiu se diferenciar no mercado