Porteira Aberta

Na crista da onda

O mercado brasileiro de sardinha e atum em lata movimenta cerca de R$ 1 bilhão por ano e vem chamando a atenção de concorrentes estrangeiros.

Gomes da Costa

controlada pelo grupo Calvo

Deve aplicar R$ 30 milhões

na ampliação de sua fábrica em Itajaí (SC)

Crusoe Foods

do grupo espanhol Jealsa-Rianxeira

Pretende investir R$ 50 milhões nos próximos dois anos, para ganhar participação de 5% no mercado

Coqueiro

Marca da PepsiCo

Prevê US$ 11 milhões para modernizar a fábrica em São Gonçalo (RJ)

 

 

 

Política

A vez da laranja

Durante a 18ª Agrishow, em Ribeirão Preto (SP), o ministro da Agricultura, Wagner Rossi, anunciou os números da safra 2010/2011 de laranja. Na ocasião, o ministro Rossi aproveitou para ouvir empresários e produtores. Afirmou que o governo buscará, em parceria com o setor privado, formas de proteger os citricultores das oscilações acentuadas de preços do produto.

 

Política II

Mais dinheiro no campo

Depois de passar pela Agrishow, Wagner Rossi, compareceu à 77ª Expozebu em Uberaba (MG), dessa vez para anunciar três linhas de crédito voltadas para a pecuária, no Plano Safra 2011/2012. Uma das linhas será destinada à recuperação de pastagens, incluindo correção de solo, adubação e manejo. As outras duas linhas financiarão a retenção e a aquisição de matrizes bovinas.

Literatura

Carne pode!

Esse é o título do novo livro do cirurgião vascular Wilson Rondó Jr., especialista em medicina preventiva. Rondó Jr. aponta os benefícios dessa proteína para o organismo, sua contribuição na prevenção de doenças e as qualidades de muitos alimentos, como a carne, que muitas vezes são considerados vilões pelos médicos. A obra foi lançada em São Paulo, no fim de maio.

 

Citricultura

Um voto para a fusão

As brasileiras Citrosuco e Citrovita receberam aprovação da Comissão Europeia para formar a maior companhia global de suco de laranja, que vai controlar um quarto do mercado mundial. A comissão concluiu que será mantida suficiente competição na Europa e nosdemais países. Com a fusão, o grupo movimentará US$ 1,1 bilhão por ano. A decisão da Comissão Europeia representa um avanço, mas a conclusão do processo ainda depende da aprovação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

 

Pecuária

Recorde nacional

A vaca holandesa Solos Formosa Mandel TE é a mais nova recordista nacional em produção vitalícia de leite. De criação e propriedade do pecuarista Carlos Renato Los, dono da Chácara Solos, em Carambeí (PR), o animal atingiu a produção de 40 litros de leite por dia. Ao longo de seus 13 anos, a soma já chega a 161 mil litros.

Café

Tem cheiro de lucro no ar

A alemã Melitta projeta investimentos de R$ 58 milhões, em 2011, para ampliar a presença de suas marcas de café no Brasil. O aporte será 5,5% superior ao realizado em 2010, quando as vendas da empresa no mercado interno somaram R$ 740 milhões. O faturamento do ano passado foi 11% superior ao de 2009. A estimativa da Melitta é crescer pelo menos 5% em 2011, o que elevaria as receitas para R$ 775 milhões em suas linhas de cafés, coadores e acessórios para o preparo da bebida.

 

Investimento

BR Foods turbina o galinheiro

O Banco do Brasil e a Brasil Foods assinaram um convênio destinado a projetos de integração, no valor de R$ 1,4 bilhão. Os recursos serão aplicados no financiamento de criações de frangos e suínos em Goiás, Mato Grosso, Minas Gerais e Distrito Federal, além dos três Estados da região Sul. O objetivo do convênio é incentivar a integração das duas cadeias produtivas.

Meio ambiente

Parceria inédita

O governo do Tocantins e a organização ambiental The Nature Conservancy (TNC) fecharam parceria inédita para a implantação de sistema de gerenciamento para as Unidades de Conservação (UCs), áreas de importante biodiversidade. É o primeiro sistema do gênero na América Latina, com capacidade para gerenciar dos trâmites de sua criação ao controle financeiro e administrativo.

Empresas

Leardini quer crescer

Produtora de pescados e pratos prontos, a Leardini quer se multiplicar. Para isso, comprou a catarinense Cavalo Marinho, uma das maiores fornecedoras de mexilhão do País. Com isso, o fa-turamento pode saltar de R$ 4 milhões para R$ 36 milhões até 2014.

,

Insumos

Campo fértil

A produção brasileira de fertilizantes cresceu 5,3% de janeiro a março de 2011, em comparação com o mesmo período de 2010. Os números são da Associação Nacional para a Difusão de Adubos (Anda). No primeiro trimestre deste ano, o País produziu 2,14 milhões de toneladas. No mesmo período de 2010, foram produzidos 2,03 milhões de toneladas. Os bons preços das commodities agrícolas foram responsáveis pelo aquecimento do mercado.

 

Acordos

Ponto para o Brasil

As negociações entre Brasil e Rússia para a abertura do mercado de carnes parecem ter avançado. Um acordo assinado em maio, entre o vice-presidente brasileiro, Michel Temer, e o premiê russo, Vladmir Putin, determina que qualquer decisão envolvendo o comércio de carnes ou outros produtos agrícolas só poderá ser tomada de forma conjunta. Em contrapartida, o Brasil se prontificou a apoiar a entrada da Rússia na Organização Mundial do Comércio (OMC).

 

Dança das cadeiras

Novo presidente

O confinador e ex-deputado federal Eduardo Alves de Moura foi eleito em abril para a presidência da Associação Nacional dos Confinadores, principal entidade representativa da pecuária no País, para o triênio 2011/14. Moura sucede Ricardo de Castro Merola, que dirigiu a entidade por dois mandatos. Moura trabalhou por 20 anos no Banco Garantia, onde foi diretor até 1993, ano em que adquiriu sua primeira propriedade com criação de gado: a fazenda Nova Viena, em Nova Xavantina (MT). Atualmente, é proprietário da Marca Agropecuária, de Barra do Garças (MT).

leilão

Lusitano para China

O apetite chinês chegou ao mercado de equinos. A primeira venda de um cavalo lusitano para o país asiático ocorreu no dia 21 de maio, no 14º Leilão Internacional Luso-Brasileiro, promovido por Victor Oliva, em Araçoiaba da Serra (SP). O chinês Wu Gang desembolsou US$ 24,2 mil por Zinco do Top, vendido pelo publicitário Paulo Salles. O destaque do pregão foi Argus VO, criação do anfitrião, que saiu por R$ 93 mil em negócio fechado com Manuel Braga, de Portugal, que vai levar o animal para a Bélgica.