Hippus

Puro-sangue

CAMPEÃO RUMA PARA A ARGENTINA

O Derby da Cidade de São Paulo, uma das três mais importantes provas do turfe brasileiro, já conhece seu vencedor. É o castanho Mr. Universo, de criação do haras Old Friends e propriedade do Stud Farda Amiga, dos empresários Julio Camargo e Marcos Simon. O cavalo, que apresentou excelente vigor físico, disputará o GP Carlos Pellegrini, em Buenos Aires no dia 15 de dezembro. É a prova mais importante da América do Sul e havia anos que o Brasil não reunia um time de peso, que inclui a égua Eletro Nuclear.

 

Nordeste vai às compras

Impulsionado pelo aquecido mercado da vaquejada, os leilões no Nordeste também seguem bem. O 14º Leilão Maceió Horse, da raça quarto de milha, realizado em novembro, conseguiu média de R$ 32,5 mil por animal. Em relação ao ano anterior, o valor é 116% superior. O lote mais caro da noite ficou para a fêmea Candy Fest Times, por R$ 100 mil.

Recorde de preço

O 12º Leilão Versatilidade Quarto de Milha entra para a história da raça como um dos recordistas de preço para animais de trabalho. Além de capitalizar nada menos do que R$ 2,5 milhões, o remate fez a venda mais cara do ano num lote contendo três éguas de corrida: Princess Glória RDA, Daslu Ease e Chorus Bryan, todas de linhagens vencedoras, que saíram por R$ 430 mil. Ao todo foram vendidos 49 lotes, com média de 50 mil.

CÂNTER

Aluísio Marins, 34 anos, fundador da Universidade do Cavalo, em Sorocaba, interior paulista, diz que o mercado está aquecido e crê na profissionalização do setor.

Quantos profissionais sua escola já formou?

Desde 1997, quando abrimos as portas, foram mais de oito mil alunos em diversos cursos, de técnicos ao superior em gestão em eqüideocultura.

Por que montar uma escola sobre cavalos?

O profissional do cavalo é muito específico. Tem de ter conhecimentos em diversas áreas, desde manejo até gestão do haras ou centro eqüestre.

Ensino para mercado de cavalos é um bom negócio?

Podemos dizer que sim. Nós recém-completamos dez anos e o projeto no início era um pouco inovador. Nossa empresa está em franco crescimento e estamos otimistas com os próximos anos.

DISCO FINAL

A pista do Jockey Club de São Paulo passou por um duro teste. Após um longo período de estiagem, o piso esteve impecável para a realização do Derby. O número de lesões também diminuiu, prova de que o solo está mais macio e os cavalos desempenham melhores resultados.

Invasão árabe

Com mais de mil animais envolvidos, a cidade de Ribeirão Preto recebeu entre os dias 14 e 18 de novembro a 26ª Exposição Nacional de Cavalos Puro Sangue Árabe. Entre os estrangeiros, marcaram presença Estados Unidos, Uruguai, Argentina, Chile e Inglaterra. Os expositores movimentaram mais de R$ 100 mil em negócios. A raça tem recuperado fôlego, em função do crescimento do enduro e da criação profissional.