Hippus

Puro-sangue e Cia

Melhores do Ano

O cavalo quarto de milha Hesa Genuine Whiz foi eleito o melhor reprodutor em rédeas de 2013. O título foi concedido pela Associação Nacional do Cavalo de Rédeas (ANCR), de Holambra, no interior de São Paulo. O garanhão do haras Sacramento, de Avaré, do criador paulista Jefferson Abbud, acumulou ganhos de R$ 32,7 mil de seus filhos em provas pela associação. Isso garantiu a liderança no ranking de reprodutores ANCR.

Big Tour

O campeão olímpico Rodrigo Pessoa garantiu a liderança para o Brasil logo na primeira disputa do CSI de Hannover, na Alemanha, em 19 de outubro. Com obstáculos a 1m50, em 32s73, no dorso de Citizenguard Cadjanine Z, o cavaleiro venceu a principal prova do dia na série Big Tour do CSI4*. O segundo lugar ficou com o britânico Robert Whitaker, seguido do ucraniano Ference Szentirmai. Foram distribuídos € 30 mil em prêmios para os 14 mais bem colocados. Além de competições de saltos, o CSI de Hannover reúne provas de adestramento e rédeas.

World Cup China

O cavaleiro paranaense Matheus Machado Costa e a amazona paulista Bruna Tedesco Cortelini sagraram-se campeões no Mundial de Três Tambores IBHF World Cup, em Yinchuan, na China. O Brasil trouxe para casa a honraria máxima dos três tambores após disputar o prêmio com outros 22 países, em outubro. Na final, Costa registrou o menor tempo de todo o Mundial, concluindo a prova em 15s875.

Morfologia de Primavera

O cavalo SJ Xadrez, do haras São José, em São Lourenço do Sul (RS), levou o prêmio de Melhor Exemplar da Raça Crioula, na Exposição Morfológica de Primavera. A disputa, no mês passado, contou com a participação de 41 animais de criadores da região leste gaúcha. O evento foi promovido pelo Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos da cidade e teve supervisão do técnico Rouget Gigena Wrege, credenciado pela Associação Brasileira de Criadores de Cavalos da raça.

Brasil Olímpico

A Confederação Brasileira de Hipismo indicou, no mês passado, os atletas que vão concorrer neste mês ao Prêmio Brasil Hipismo 2013. O evento conta com nove atletas nas modalidades adestramento, salto e CCE. Os cavaleiros João Victor Oliva, Rogério Clementino, Doda Miranda, Rodrigo Pessoa, Marlon Zanotelli, Márcio Jorge, Marcelo Tosi, Serguei Fofanoff e a amazona Luiza Tavares disputam o título de melhores do ano. O Brasil Olímpico será no Teatro Bradesco, em São Paulo, em 17 de dezembro.

Turfe para elas

A gaúcha Josiane Gulart foi a primeira mulher a subir no ponto mais alto do pódio do turfe paranaense. A proeza foi realizada no mês passado durante o clássico Grande Prêmio do Paraná, no hipódromo do Tarumã, em Curitiba. Montando o cavalo Victory is Ours, do haras Vale Verde, em Cesário Lange (SP), Josiane venceu a prova com seis corpos de vantagem sobre o favorito Beduíno do Brasil e ainda quebrou o recorde dos dois mil metros, com 2’06”7. Até então, a marca era do equino Lido Square, com 2’07”5.

BH 2013

O cavaleiro paulista Luiz Carlos Nogueira Stetner venceu o Circuito do Cavalo Brasileiro de Hipismo 2013 na categoria Cavalos Novos 4 Anos. Montando a égua Holandeza T, do haras Talismã, Stetner recebeu o título durante o CSN Agromen, em Orlândia (SP), no mês passado.