Notícias

Secex: exportações do complexo soja sobem 27,3% em volume e 28,5% em receita

São Paulo, 1 – As exportações brasileiras do complexo soja somaram 3,455 milhões de toneladas em janeiro, com receita de US$ 1,322 bilhão. Em relação a igual período de 2018, os aumentos foram, respectivamente, de 27,3% e 28,5%. Já ante dezembro, houve queda de 41,2% em volume e de 41,9% em receita.

Os dados foram divulgados nesta sexta-feira, 1º de fevereiro, pela Secretaria de Comércio Exterior (Secex) do Ministério da Economia. Com uma safra recorde no Brasil em 2017/18, os estoques foram mais volumosos na virada de ano. Isso, aliado à maior demanda chinesa por causa da guerra comercial e à quebra de safra na Argentina, permitiu um aumento dos embarques em janeiro.

As exportações de soja em grão somaram 2,154 milhão de toneladas em janeiro. Na comparação com igual período de 2018, quando foram embarcadas 1,536 milhão de toneladas, o aumento chegou a 40,2%. A receita com as vendas externas do grão atingiu US$ 815,0 milhões, incremento de 37,1% em relação a janeiro do ano passado (US$ 594,3 milhões).

Na comparação com dezembro, quando foram embarcados 4,231 milhões de toneladas, as exportações caíram 49,1% em volume. Em receita, o recuo foi de 50,2% ante o total de US$ 1,638 bilhão obtido em dezembro. O preço médio do produto exportado foi de US$ 378,40/tonelada, ante US$ 380,10/t em janeiro de 2018 e US$ 387,20/t em dezembro.

De farelo de soja, o volume exportado somou 1,261 milhão de toneladas, aumento de 11,8% em relação a janeiro de 2018, quando o Brasil enviou ao exterior 1,127 milhão de toneladas. Ante dezembro, quando os embarques somaram 1,608 milhão de toneladas, houve queda de 21,06%. A receita com a exportação em janeiro totalizou US$ 481,6 milhões, incremento de 21,8% em relação aos US$ 395,3 milhões de igual período de 2017. Em relação ao mês anterior, quando o faturamento somou US$ 609 milhões, a queda foi de 20,9%.

Já de óleo de soja, as exportações em janeiro somaram 39.600 toneladas, queda de 21,7% em relação a igual mês de 2017, quando os embarques haviam somado 50.600 toneladas. Em relação a dezembro, quando foram embarcadas 39 mil toneladas, o aumento foi de 1,5%. A receita referente às vendas externas somou US$ 25,0 milhões em janeiro.

A queda foi de 35,1% ante igual período do ano passado, quando os recursos com a exportação haviam totalizado US$ 38,5 milhões. Na comparação com dezembro, quando a receita somou US$ 26,2 milhões, a diminuição foi de 4,6%.