Notícias

Segurança reage a agressão e esfaqueia cliente que se recusou a usar máscara

Um segurança da loja Americanas Express na Regional Barreiro, em Belo Horizonte, esfaqueou na noite de sexta-feira, 18, um cliente que se recusou a usar máscara para entrar na loja. Segundo boletim de ocorrência da Polícia Militar, o cliente, Aldair Oliveira de Souza, de 24 anos, levou oito facadas no abdômen, costas e braços e está internado no Hospital de Pronto Socorro João XXIII.

O segurança, Matheus Rodolfo Luis da Silva, de 26 anos, afirmou à polícia que tentou orientar o cliente que não seria possível entrar na loja sem a proteção no rosto, por causa da pandemia do novo coronavírus. O cliente, ainda segundo o segurança, em resposta disse que conhecia “a quebrada toda”.

Neste momento, Aldair Oliveira teria pegado uma garrafa de álcool e tentado atirar contra o segurança, além te ter lhe acertado um chute. Os dois começaram a brigar e o funcionário da loja usou uma faca que utilizava para cortar caixas de papelão, conforme relatou à polícia, para os golpes.

O cliente foi encontrado pelos PMs deitado dentro da loja e sangrando. O homem teria ido ao local comprar água oxigenada. A loja é equipada com câmeras de segurança. As imagens serão enviadas à Polícia Civil. O funcionário da empresa também foi encaminhado para a unidade de saúde, mas com ferimentos leves. A reportagem entrou em contato com a Americanas e aguarda posicionamento.

Veja também

+ Restaurante japonês que fez festa de swing lança prato chamado “suruba”
+ Cantor Ovelha abre frangaria em São Paulo com a ajuda de Ratinho
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Como fazer seu cabelo crescer mais rápido
+ Vem aí um novo megaiceberg da Antártida
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mineral de Marte raro na Terra é achado na Antártida
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Atriz pornô é demitida de restaurante por causa de “cliente cristão”
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?