Notícias

Shell recebe autorização para importar até 36,5 milhões de m³ de GNL até 2024

O Ministério de Minas e Energia autorizou a Shell Energy do Brasil Gás a exercer a atividade de importador de Gás Natural Liquefeito (GNL) até o limite de 36,5 milhões de metros cúbicos, com entrega prevista para o Terminal de Regaseificação da Baía de Todos os Santos, na Bahia.

“A presente autorização terá validade até 31 de março de 2024, e limita-se exclusivamente à importação de Gás Natural na forma Liquefeita”, informa a autorização publicada nesta quarta-feira, 17, no Diário Oficial da União (DOU).

A Shell terá que apresentar à Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), até o dia 25 de cada mês, relatório detalhado sobre as operações de importação realizadas no mês imediatamente anterior.

As informações serão publicadas no site da ANP, segundo a portaria assinada pelo ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque.

O GNL deverá atender térmicas, distribuidoras de gás e consumidores livres.

Saiba mais
+ Modelo brasileiro se casa com nove mulheres e vira notícia internacional
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Receita simples e rápida de asinhas de frango com molho picante
+ Conheça o suco que aumenta a longevidade e reduz o colesterol
+ CNH: veja o que você precisa saber para a solicitação e renovação
+ Vídeo de jacaré surfando em Floripa viraliza na internet
+ Vale-alimentação: entenda o que muda com novas regras para benefício
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Descoberto na Armênia aqueduto mais oriental do Império Romano
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais