• IstoÉ
  • IstoÉ Dinheiro
  • Dinheiro Rural
  • Menu
  • Motorshow
  • Planeta
  • Select
  • Gente
  • GoOutside
  • Hardcore
Assine
Anuncie
Capa da edição atual da revista
Edição da SemanaNº 183 30.11Leia mais
Istoé Dinheiro Rural
MenuMenu
FECHAR
Capa da edição atual da revista
Edição da SemanaNº 183 30.11Leia mais
  • Home
  • Últimas notícias
  • Economia
  • Negócios
  • Carreira
  • Estilo no campo
  • Tecnologia
  • As melhores da Dinheiro Rural
  • Siga-nos:Facebook
Notícias30/11/2021

S&P: Mudanças no teto ilustram dificuldade de longa data de controlar déficit fiscal

Estadão Conteúdo
Estadão Conteúdo30/11/21 - 23h11min

Ao comentar a PEC que parcela precatórios e modifica o cálculo do teto de gastos, a S&P Global avalia que a proposta ilustra a dificuldade "de longa data" do Brasil de controlar as contas públicas. A agência reafirmou o rating do País em moeda estrangeira em BB- esta noite e manteve a perspectiva estável da nota.

"O governo está tentando emendar a Constituição do Brasil para modificar marginalmente sua lei de teto de gastos para permitir maiores investimentos com programas sociais, bem como fazer pagamentos parciais em 2022 sobre passivos crescentes de decisões judiciais. As mudanças no teto de gastos ilustram as dificuldades de longa data em controlar e reduzir o déficit fiscal de maneira sustentável. Mais de 90% dos gastos orçamentários não são discricionários, refletindo compromissos com vários programas obrigatórios de gastos e outras receitas", ponderou a S&P.

Analistas da agência apresentaram ainda dois cenários para o futuro da avaliação de crédito do Brasil.

Eles disseram que um rebaixamento seria possível nos próximos dois anos se os resultados fiscais vierem pior do que o esperado, sinalizando uma capacidade institucional mais fraca de implementar medidas corretivas das finanças públicas. "Uma trajetória de consolidação fiscal mais frouxa também poderia sustentar a inflação alta e reduzir a flexibilidade monetária", comentou a S&P.

Por outro lado, em um cenário positivo, uma elevação do rating brasileiro é possível se houver uma combinação de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) acima do esperado, bem como um desempenho fiscal "significativamente melhor".

Saiba mais
+ Modelo brasileiro se casa com nove mulheres e vira notícia internacional
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Receita simples e rápida de asinhas de frango com molho picante
+ Conheça o suco que aumenta a longevidade e reduz o colesterol
+ CNH: veja o que você precisa saber para a solicitação e renovação
+ Vídeo de jacaré surfando em Floripa viraliza na internet
+ Vale-alimentação: entenda o que muda com novas regras para benefício
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Descoberto na Armênia aqueduto mais oriental do Império Romano
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais