Notícias

SP retomará concessões quando pandemia permitir, diz Meirelles

São Paulo, 19 – O secretário da Fazenda do governo de São Paulo, Henrique Meirelles, afirmou nesta segunda-feira, 19, que o Estado tem o objetivo de concretizar 19 grandes concessões assim que houver maior controle da pandemia. “Isso deve ser retomado com força logo após a pandemia voltar a nível de maior normalidade”, afirmou Meirelles durante participação em fórum do agronegócio.

Ele disse que os investimentos previstos nessas concessões são de aproximadamente R$ 35 bilhões, sendo metade (51%) em infraestrutura de mobilidade, como rodovias, ferrovias e metrô.

Durante o evento, Meirelles voltou a destacar o desempenho positivo da economia paulista, comparando mais uma vez o crescimento de 0,3% do Produto Interno Bruto (PIB) do Estado com a queda de 4,1% do PIB nacional em 2020. E salientou os esforços do governo em apresentar oportunidades de investimento em diversos setores durante reuniões virtuais com investidores internacionais.

Para 2021, reafirmou Meirelles, o objetivo de São Paulo é crescer mais de 5%, frente a um crescimento de 3,2% previsto para o Brasil como um todo, um resultado, como lembrou, que se deve à herança estatística entregue pela forte arrancada da economia nacional após o primeiro choque da pandemia.

“É uma economia que vai bem e, o mais importante, com investimentos”, afirmou o secretário, referindo-se à atividade econômica de São Paulo.

Veja também

+ Restaurante japonês que fez festa de swing lança prato chamado “suruba”
+ Cantor Ovelha abre frangaria em São Paulo com a ajuda de Ratinho
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Como fazer seu cabelo crescer mais rápido
+ Vem aí um novo megaiceberg da Antártida
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mineral de Marte raro na Terra é achado na Antártida
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Atriz pornô é demitida de restaurante por causa de “cliente cristão”
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?