Notícias

STF quer ponto facultativo na véspera do 7 de setembro para organizar segurança

As manifestações programadas para o 7 de setembro, Dia da Independência do Brasil, levaram o Supremo Tribunal Federal (STF) a fechar as portas na véspera do feriado. A Corte informou que vai decretar ponto facultativo no dia 6 de setembro para “facilitar os preparativos de segurança”.

Assim como na Câmara dos Deputados e no Senado Federal, a escolta das instalações do tribunal será reforçada por agentes das forças de Segurança Pública do governo do Distrito Federal. A entrada de visitantes no prédio ficará proibida no dia 7.

“Como em todas as manifestações realizadas na Praça dos Três Poderes e adjacências do tribunal, a Secretaria de Segurança tem adotado – para as manifestações já anunciadas de 7 de Setembro – medidas preventivas para a mitigação de riscos, com o dimensionamento de recursos humanos e materiais, entre outros”, diz um trecho do comunicado divulgado pela assessoria de imprensa do STF.

Capitaneados por apoiadores do presidente Jair Bolsonaro, os protestos programados para o feriado provocaram tensão nos últimos dias na capital federal. As autoridades temem possíveis atos de vandalismo contra o Congresso Nacional e os tribunais superiores, assim como a deserção da Polícia Militar. Além do reforço da segurança no entorno dos prédios, a Praça dos Três Poderes, onde fica a sede do STF, estará fechada.

Veja também

+ Restaurante japonês que fez festa de swing lança prato chamado “suruba”
+ Cantor Ovelha abre frangaria em São Paulo com a ajuda de Ratinho
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Como fazer seu cabelo crescer mais rápido
+ Vem aí um novo megaiceberg da Antártida
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mineral de Marte raro na Terra é achado na Antártida
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Atriz pornô é demitida de restaurante por causa de “cliente cristão”
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?