Geral

STF recebe nova ação contra a portaria de simplificação do registro de agrotóxicos

Crédito: Divulgação

Aplicação de defensivos em plantação (Crédito: Divulgação)

O Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) também ajuizou uma ação no Supremo Tribunal Federal (STF) visando à suspensão dos efeitos da norma do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) que libera o registro tácito de agrotóxicos e afins, entre outros pontos.

A Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF) 658 foi distribuída por prevenção ao ministro Ricardo Lewandowski, relator da ADPF 656, ajuizada pela Rede Sustentabilidade contra a mesma norma.

+ Grupo de mulheres ligado ao MST ocupa e depreda prédio da pasta da Agricultura
+ Ministério fecha empresa que produzia defensivos e fertilizantes irregularmente
+ Startup Agrofy inclui segmento de insumos agrícolas em seu marketplace

Segundo o PSOL, a Portaria 43/2020 da Secretaria de Defesa Agropecuária do Mapa, ao permitir o deferimento tácito do registro de agrotóxicos no prazo de 60 dias mesmo sem a realização de estudos relativos à saúde e ao meio ambiente, incentiva o uso dessas substâncias e facilita o acesso a elas, com aumento exponencial do seu consumo.

O partido argumenta que a legislação brasileira para a regulação dos agrotóxicos foi construída sob o paradigma do uso seguro e que a portaria ajuda a relativizar a sua aplicação.

Veja também

+ Restaurante japonês que fez festa de swing lança prato chamado “suruba”
+ Cantor Ovelha abre frangaria em São Paulo com a ajuda de Ratinho
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Como fazer seu cabelo crescer mais rápido
+ Vem aí um novo megaiceberg da Antártida
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mineral de Marte raro na Terra é achado na Antártida
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Atriz pornô é demitida de restaurante por causa de “cliente cristão”
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?