Notícias

STF tem 4 votos a 2 para liberar plano de venda de refinarias da Petrobras

Em votos bastante breves, os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) Dias Toffoli e Cármen Lúcia se manifestaram para negar o pedido cautelar do Congresso Nacional e, portanto, manter o plano de venda de refinarias pela Petrobras. No momento, são quatro votos favoráveis à estatal e dois contrários, para suspender as alienações. A ministra Rosa Weber acompanhou o relator do caso, Edson Fachin, para atender ao pedido dos parlamentares.

No momento, quem vota é o ministro Ricardo Lewandowski, que, no plenário virtual, tinha acompanhado a posição de Fachin.

A estatal tem planos para alienar oito refinarias, mais da metade de seu parque de refino, que conta com 13 unidades. O Congresso afirma que a Petrobras manobra uma determinação do STF ao transformar as refinarias em subsidiárias para então vendê-las.

No ano passado, a Corte proibiu o governo de vender uma ‘empresa-mãe’ sem autorização legislativa e sem licitação, mas autorizou esse processo no caso das subsidiárias.

Veja também

+ Restaurante japonês que fez festa de swing lança prato chamado “suruba”
+ Cantor Ovelha abre frangaria em São Paulo com a ajuda de Ratinho
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Como fazer seu cabelo crescer mais rápido
+ Vem aí um novo megaiceberg da Antártida
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mineral de Marte raro na Terra é achado na Antártida
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Atriz pornô é demitida de restaurante por causa de “cliente cristão”
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?