Economia

Superávit da balança comercial na 3ª semana de junho foi de US$ 1,6 bi; agro exporta 30% a mais na média diária

Crédito: Arquivo/Agência Brasil

Em junho, o saldo é positivo em US$ 4,794 bilhões até o dia 21, 10,8% menor do que o registrado em todo o mês de junho do ano passado (Crédito: Arquivo/Agência Brasil)

A balança comercial brasileira registrou superávit comercial de US$ 1,653 bilhão na terceira semana de junho (de 15 a 21). Apenas a agropecuária fez pressão positiva nas exportações, com avanço de 30,2% nas vendas ao exterior.

De acordo com dados divulgados nesta segunda-feira, 22, pela Secretaria de Comércio Exterior do Ministério da Economia, o valor foi alcançado com exportações de US$ 4,310 bilhões e importações de US$ 2,656 bilhões.

Em junho, o saldo é positivo em US$ 4,794 bilhões até o dia 21, 10,8% menor do que o registrado em todo o mês de junho do ano passado.

+ Estimativa de exportação de soja em junho sobe para 13,072 milhões de t, diz Anec
+ Exportação de suco de laranja cresce 16% em 11 meses da safra 2019/20 

Em meio à pandemia do coronavírus, houve queda de 9,9% na média diária das exportações na comparação com o mesmo mês do ano passado, com aumento de 30,2% em agropecuária; queda de 24,3% na indústria extrativa e queda de 18,3% em produtos da indústria de transformação.

Já as importações registraram quedas de 24,3% em produtos da indústria de transformação, 14,2% em agropecuária e de 2,1% em indústria extrativa.

Picapes respondem por 12% dos recalls de 2019, aponta pesquisa
5 dicas para conservar (ou comprar) uma picape
As 10 picapes mais vendidas no Brasil em janeiro