CASO MARIELLE/FEDERALIZAÇÃO/STJ/NEGAÇÃO