O Campo em números

Tereos e VLI anunciam investimento de R$ 200 milhões

Crédito: Divulgação

A francesa do setor sucroenergético Tereos, a segunda maior produtora de açúcar do mundo, e a VLI Logística, concessionária de transporte ferroviário de cargas, estão investindo no próximo período R$ 205 milhões em uma parceria. O valor será usado na construção de dois armazéns para estocar açúcar, dentro do sistema de cargas VLI. Um será no município de Guará (SP), próximo ao polo de produção da Tereos Brasil, com capacidade para 80 mil toneladas, e outro no porto de Santos, para 114 mil toneladas. A meta é transportar nessa rota um milhão de toneladas de açúcar bruto por ano. A VLI, que tem uma forte presença no agronegócio, transportou nesse sistema 4,6 milhões de toneladas de açúcar para exportação, no ano passado.

BNDES
Salvação para aves e suínos

Adriano Machado

O aperto financeiro provocado pela greve dos caminhoneiros, em maio, levou o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) a liberar uma linha de crédito de R$ 1,5 bilhão para o setor de produção de carne suína e de frango. O valor é destinado a capital de giro, por exemplo, na reposição de estoques e de animais. O prazo para pagamento é de 60 meses, incluindo 24 meses de carência. Os juros são de até 11% ao ano. De acordo com a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), que reúne as empresas do setor, a indústria brasileira de aves e suínos perdeu cerca de R$ 3,1 bilhões por causa dos efeitos da greve dos caminhoneiros sobre o sistema produtivo. Somente na avicultura, a estimativa é de que 70 milhões de aves, entre pintinhos e adultos, morreram de fome.

Café
Safra mais amarga

Fernando Podolski

O Brasil exportou 30,3 milhões de sacas de café na safra 2017/2018, encerrada em junho. Foi o mais baixo volume embarcado, desde a safra 2012/2013. Os dados apresentados no mês passado pelo Conselho dos Exportadores de Café (Cecafé) mostram uma queda de 8,4% ante o ciclo anterior. O recuo na receita foi ainda maior, de 14,3%, para US$ 4,9 bilhões. A seca afetou a produção, além da bienalidade negativa para as lavouras da espécie arábica. Assim, para a safra recém iniciada, em um período de bienalidade positiva, ou seja, de mais produção, a estimativa para a safra 2018/2019 é exportar até 34 milhões de sacas.

Máquinas agrícolas

“Embora no acumulado do ano os números ainda estejam negativos, estamos vindo num viés muito bom de crescimento” Antonio Megale, presidente da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (ANFAVEA), sobre as projeções para 2018 (Crédito:Claudio Gatti)

Safra 2018/2019
Banco do Brasil abre os cofres

O maior banco gerador de crédito ao agronegócio, o Banco do Brasil (BB), anunciou que o valor destinado à safra 2018/2019 será de R$ 103 bilhões, montante 21% superior à safra passada. Atualmente, o banco responde por cerca de 60% do crédito agrícola. O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico (BNDES) também já anunciou o seu aporte para o setor.
Ele será de R$ 20,4 bilhões nesta safra. O Plano Safra, que começou em 1º de julho, tem à disposição do produtor R$ 191,1 bilhões.

Internacional
UPL vai às compras

A Arysta LifeScience, especializada em protecão de lavouras, está sendo comprada pela indiana United Phosphorus Limited (UPL). De origem japonesa, a Arysta pertencia à americana Platform Specialty Products desde 2015. A compra está saindo por US$ 4,2 bilhões, em um negócio que deverá ser concluído até 2019. A UPL já anunciou que após a conclusão a empresa passa a ser chamar Element. A Arysta, que está em 60 países e possui 3,3 mil funcionários, registrou uma receita de cerca de US$ 1,9 bilhão no ano passado.

Trigo
Grão russo em casa

Depois de nove anos, o Brasil volta a importar trigo da Rússia. A trading russa Sodrugestvo vendeu a três moinhos do Nordeste 25 toneladas do cereal. O preço foi de US$ 270 por tonelada. Desde 2009, o Brasil não autorizava importações do país, por causas sanitárias. Mas como flexibilizou as regras no fim do ano passado, os russos voltaram ao mercado. Em 2017, o setor processou 10,6 milhões de toneladas, das quais seis milhões foram importadas.

Soja
Menos grão americano

A disputa comercial entre os Estados Unidos e a China começa a ter efeito sobre a previsão do comércio global de soja. Com uma sobretaxa de 25% sobre o preço à China, o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (Usda) baixou a estimativa de exportação do país de 62,3 milhões de toneladas para 55,5 milhões na safra 2018/2019. Com isso, o Brasil deve se sair bem. A previsão anterior, que era de 72,9 milhões de toneladas de soja embarcada aos chineses, agora é de 75 milhões.

Análise do Mês
Seca deixa produtores de cana-de-açúcar da Austrália em alerta

Guilherme Nastari, diretor da Datagro (Crédito:Luisa Santosa)

O clima seco beneficiou o início da safra 2018/2019 de cana-de-açúcar na Austrália. Foram 3,8 milhões de toneladas processadas no acumulado até 1º de julho, aumento de 27,8% sobre a quantidade moída no mesmo período da safra anterior.
Devido aos melhores índices de concentração de sacarose, a Austrália conseguiu produzir 469 mil toneladas de açúcar até 1º de julho, elevação de 36,2% sobre o volume produzido em mesma data do ano anterior.

Por conta da ligeira expansão do plantio, aliado a uma expectativa de recuperação da produtividade agrícola, a Datagro Consultoria prevê que a produção de açúcar no país suba de 4,4 milhões de toneladas, na safra 2017/2018, para 4,8 milhões em 2018/2019.

Apesar do bom desempenho das lavouras, as projeções do clima começaram a preocupar os produtores. As chuvas ficaram 53,4% abaixo do esperado nas principais regiões canavieiras da Austrália em junho. Cenário que se repetiu pelo terceiro mês consecutivo.

Embora tenha beneficiado o ritmo da colheita no início da safra 2018/2019, e também a concentração de sacarose, a falta de chuvas levanta preocupações sobre os canaviais no terço final da safra.

Calendário do mês

10ª ExpoGenética
De 19 a 27 de agosto, em Uberaba (MG)
Tel. (34) 3319-3900 – abcz.org.br

Expofruit
De 21 a 23 de agosto, em Mossoró (RN)
Tel. (84) 3312-6939
coex@mikrocenter.com.br

26ª Fenasucro & Agrocana 2018
De 21 a 24 de agosto, em Sertãozinho (SP) – fenasucro.com.br

41ª Expointer – Exposição Internacional de Animais, Máquinas, Implementos e Produtos Agropecuários
De 25 de agosto a 2 de setembro, em Esteio (RS) – Tel. (51) 3458-8543
expointer.rs.gov.br

Zootecnia Brasil 2018
De 27 a 30 de agosto, em Goiânia (GO)
Tel. (62) 3241-3939
sbzzootec2018@gmail.com

9° Expo Brasil Chocolate
De 2 a 4 de setembro, em São Paulo (SP)
Tel. (11) 3624-8466
expobrasilchocolate.com.br

3º Simpósio Desafios da Fertilidade do Solo na Região do Cerrado
Dias 5 e 6 de setembro, em Goiânia (GO) Tel. (19) 3417-6604
cdt@fealq.org.br

InterCorte
Dias 11 e 12 de setembro, em Marabá (PA) – intercorte.com.br

2° Digital Agro
De 19 a 22 de setembro, em Carambeí (PR) – Tel. (42) 3231-9000

17°Festival do Cavalo
De 22 a 24 de setembro, em Salvador (BA) – Tel. (71) 3286-5700
contato@abccpe.com.br

16ª PorkExpo 2018
Dias 26 e 27 de setembro, em Foz do Iguaçu (PR) – Tel. (19) 3305-2295
porkexpo@safewayagro.com.br