Sustentabilidade

Tereza Cristina: agronegócio deve se unir diante das dificuldades e críticas

Tereza Cristina: agronegócio deve se unir diante das dificuldades e críticas

São Paulo, 30 – A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, disse que o setor agropecuário do País deve se unir diante das dificuldades e críticas que vem enfrentando. Nos últimos dias, o agronegócio brasileiro tem sido, em parte, responsabilizado pelas queimadas na Amazônia, que têm alcançado repercussão global. Grandes companhias globais têm inclusive ameaçado com embargos os produtos agropecuários brasileiros.

Para Tereza Cristina, porém, os atuais problemas enfrentados pelo setor “são passageiros” e o ministério trabalha para “melhorar o ambiente de negócios, reduzir a burocracia e abrir mercados”.

A ministra discursou hoje na abertura oficial da Expointer, em Esteio (RS), de acordo com nota da pasta enviada na tarde desta sexta-feira, 30. “Não esmoreçam. Ataques vamos sofrer pelo gigantismo do nosso negócio”, afirmou. “Vamos mostrar para o mundo que o agronegócio brasileiro é unido.”

Ela também lembrou que na Semana da Pátria – em decorrência das comemorações da Independência do Brasil, no dia 7 de setembro – cada produtor deve hastear uma bandeira na porta de sua fazenda. “Vamos mostrar que nossa agricultura é pujante e sustentável”, reforçou.