Notícias

Tyson Foods fecha parceria com grupo do Casaquistão para fábrica no país

São Paulo, 9 – A Tyson Fresh Meats, subsidiária de carne bovina e suína da Tyson Foods, assinou na segunda-feira, 9, acordo com o governo do Casaquistão e o Kusto Group, formado no país mas que hoje tem sede em Cingapura, para estudos com vista a construir no país uma unidade de processamento de carne bovina.

Nos últimos dois anos, a Tyson tem buscado acordos com empresas de carne na Ásia e no leste da Europa, aproveitando a crescente demanda global de carne. A produção de carne bovina do Casaquistão equivale a apenas 4% da dos EUA, mas a região é rica em grãos, normalmente o maior custo na criação de animais. O Kusto lidera a produção no país.

“A Tyson tem a experiência necessária para ajudar o Casaquistão a criar um ecossistema que aumentará o tamanho do nosso rebanho bovino e estabelecerá condições para criar milhares de novos empregos de alta qualidade”, disse o primeiro-ministro Askar Mamin.

Já o presidente do grupo Tyson Fresh Meats, Steve Stouffer, disse se tratar de uma oportunidade para expandir os negócios globais da Tyson. E o presidente do conselho de administração do Kusto Group, Yerkin Tatishev, disse acreditar no potencial do Casaquistão “para se transformar em um ator agrícola global”.

A ideia é que a unidade que pode resultar do projeto tenha capacidade de abate de 2 mil cabeças/dia e que o benefício econômico ao país supere US$ 1 bilhão por ano. (Com informações da Dow Jones Newswires)

Picapes respondem por 12% dos recalls de 2019, aponta pesquisa
5 dicas para conservar (ou comprar) uma picape
As 10 picapes mais vendidas no Brasil em janeiro