Negócios

Tyson Fresh Meats fecha temporariamente unidade em Indiana

Crédito: Reprodução/Tyson Fresh Meats

A unidade de processamento de carne suína, que produz 1.360 toneladas de carne suína diariamente, suspendeu a produção por um dia em 20 de abril para limpeza e desinfecção (Crédito: Reprodução/Tyson Fresh Meats)

São Paulo, 23 – A Tyson Fresh Meats, subsidiária de carne bovina e suína da Tyson Foods, vai fechar temporariamente sua unidade em Logansport, no Estado de Indiana, enquanto seus mais de 2.200 funcionários passam por testes de covid-19, informou a companhia.

A unidade de processamento de carne suína, que produz 1.360 toneladas de carne suína diariamente, suspendeu a produção por um dia em 20 de abril para limpeza e desinfecção. Desde então, a instalação está operando com produção limitada e deve suspender as operações até o sábado, 25 de abril.

+ Tyson Foods fecha maior planta de processamento por tempo indeterminado
+ Proteína animal: Tyson Foods quer coalizão de sustentabilidade para cadeia global 

Os funcionários continuarão recebendo pagamento enquanto a fábrica estiver fechada. A retomada das operações dependerá de uma série de fatores, como o resultado dos testes, disse a Tyson Fresh Meats.

A Tyson Foods informou anteriormente que vai suspender por tempo indeterminado as operações na sua maior unidade de processamento de suínos, em Waterloo, no Estado de Iowa, por causa da pandemia de coronavírus. Fonte: Dow Jones Newswires.

Picapes respondem por 12% dos recalls de 2019, aponta pesquisa
5 dicas para conservar (ou comprar) uma picape
As 10 picapes mais vendidas no Brasil em janeiro