• IstoÉ
  • IstoÉ Dinheiro
  • Dinheiro Rural
  • Menu
  • Motorshow
  • Planeta
  • Select
  • Gente
  • GoOutside
  • Hardcore
Assine
Anuncie
Capa da edição atual da revista
Edição da SemanaNº 186 26.05Leia mais
Istoé Dinheiro Rural
MenuMenu
FECHAR
Capa da edição atual da revista
Edição da SemanaNº 186 26.05Leia mais
  • Home
  • Últimas notícias
  • Economia
  • Negócios
  • Carreira
  • Estilo no campo
  • Tecnologia
  • As melhores da Dinheiro Rural
  • Siga-nos:Facebook
Perspectiva 2021/202216/02/2022

Uma visão cautelosa para a safra

Lana Pinheiro
Texto por:Lana Pinheiro16/02/22 - 16h32min

O calendário-safra só começa em julho, mas todo início do ano é um convite para balanços e projeções. Nas próximas páginas da RURAL, o leitor terá um panorama sobre as tendências das principais commodities agrícolas e o que se verá é que o tom dos especialistas é de cautela. A expectativa é que o setor ultrapasse novamente a marca de R$ 1 trilhão em Valor Bruto de Produção (VBP), mas com uma velocidade de crescimento menor do que os anos anteriores com 4,5% na comparação com 2021. Além disso, algumas lavouras devem sofrer com as mudanças climáticas e os gestores precisarão fazer controles rígidos dos custos para que as margens sejam preservadas. “O campo será essencial na composição do PIB, mas o cenário macroeconômico está instável e exige atenção”, afirmou Maurício Une, economista-chefe do Rabobank.

De acordo com a instituição, o agronegócio deve crescer 2,7%, o Produto Interno Bruto deve expandir irrisório 0,6%, enquanto a inflação e os juros continuarão fazendo o produtor sofrer. A perspectiva para a Selic é de 10,75%, e a inflação do IPC (Índice de Preços ao Consumidor) deve chegar a 4,3%. O agricultor precisará, ainda, ficar de olho no clima e no dólar. “Além do impacto direto na produção, o clima tem efeito relevante no combustível que pressiona a planilha do produtor”, disse Une. Segundo o economista, ainda que as chuvas estejam abundantes, o preço tende a continuar alto, pressionado pela demanda global. E, por fim, há o dólar que deve ser negociado a US$ 5,62 ao final de 2022. Alguns vetores de sustentação da moeda devem se dissipar como a desaceleração dos principais parceiros comerciais do Brasil e uma potencial redução dos estímulos monetários no mundo desenvolvido, informou a instituição em relatório.

Não há dúvidas de que velhos desafios estão já na porteira, mas o produtor brasileiro está de mangas arregaçadas para garantir alimentos para o Brasil e para o mundo.

Saiba mais
+ Modelo brasileiro se casa com nove mulheres e vira notícia internacional
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Receita simples e rápida de asinhas de frango com molho picante
+ Conheça o suco que aumenta a longevidade e reduz o colesterol
+ CNH: veja o que você precisa saber para a solicitação e renovação
+ Vídeo de jacaré surfando em Floripa viraliza na internet
+ Vale-alimentação: entenda o que muda com novas regras para benefício
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Descoberto na Armênia aqueduto mais oriental do Império Romano
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais