Notícias

USDA prevê safra 2018/19 de soja de 56 milhões de t na Argentina

São Paulo, 5 – A produção de soja na Argentina na safra 2018/19 deve 56 milhões de toneladas, o que corresponde a um leve aumento de 1% (500 mil t) em comparação com previsão inicial. A estimativa é do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA), que considera área plantada de 18,5 milhões de hectares com a cultura e produtividade média de 3,03 t por hectare.

Conforme o relatório do USDA, as recentes chuvas atrasaram o plantio da oleaginosa, mas que deverá ser acelerado neste mês para ser concluído em janeiro de 2019.

O departamento relata, ainda, que, com base na atual imposição de tarifas chinesas à soja norte-americana, os produtores argentinos, que atualmente se beneficiam de uma divergência nos preços da soja nos EUA e na Argentina, esperam receber US$ 10 bilhões adicionais em retornos de exportação de soja.

Após a seca da temporada passada, a baixa oferta doméstica do grão exigiu um drástico aumento nas importações para a indústria de esmagamento, informa o USDA. Até setembro, a Argentina importou cerca de 3,5 milhões de toneladas da oleaginosa, um aumento de 135% em relação ao mesmo período do ano anterior.

Corretores locais estimam que o total de importações de soja na temporada 2017/18 pode alcançar 5,5 milhões de toneladas. Desse total, as exportações de soja dos EUA para a Argentina representariam quase 450 mil toneladas no período, com expectativas de maiores embarques nos próximos meses.