Notícias

Valor de referência do leite em MG é de R$ 1,2774/litro para produto

São Paulo, 16 – Minas Gerais já tem seu primeiro valor de referência para o leite. O litro do produto padrão entregue em abril (a ser pago em maio) foi calculado em R$ 1,2774 e a projeção para entregas feitas em maio (a serem pagas em junho) é de R$ 1,3061.

O valor de referência em Minas, que será divulgado mensalmente, foi possível de ser calculado após a criação do Conselho Paritário entre Produtores de Leite e Indústrias de Laticínios (Conseleite MG), informa em comunicado a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA).

Na avaliação do assessor técnico da Comissão Nacional de Pecuária de Leite da CNA, Thiago Rodrigues, a iniciativa vai trazer uma visão mais realista do preço mensal pago ao produtor. Outro benefício será a diminuição da especulação e da volatilidade que influencia o setor com frequência. “Tanto produtores quanto indústrias passam a ter um preço de referência que permitirá uma previsibilidade maior nas negociações. O valor definido pelo Conseleite também poderá ser utilizado como indexador de contratos para venda do produto”, disse Rodrigues.

Os valores de referência referem-se ao “leite padrão”, com 3,30% de gordura; 3,10% de proteína; 400 mil células somáticas por ml; 100 mil unidades formadoras de colônias por mililitro de leite (ufc/ml) e produção individual diária de até 160 litros.

Segundo a CNA, além do valor referência para o leite padrão, a plataforma digital do Conseleite pode gerar valores personalizados a cada produtor, a partir de uma escala de ágios e deságios por parâmetros de qualidade e pelo volume de produção diário individual.

A CNA esclarece que o valor referência servirá de base para o mercado, mas o preço real alcançado por produtor depende ainda de outros aspectos, como volume e qualidade de produção, a distância e a qualidade da estrada de acesso à propriedade rural, o tipo de ordenha, sua fidelidade junto ao laticínio e outros adicionais. Por meio do site www.conseleitemg.org.br, o produtor poderá inserir suas informações produtivas (volume médio diário e análise da qualidade do leite) para que o sistema calcule seu valor de referência personalizado, mês a mês.

Minas Gerais é líder na produção nacional de leite, com cerca de 30% do total. Em 2018, o Estado produziu 9 bilhões de litros, gerando R$ 11,8 bilhões. A pecuária leiteira está presente em todos os 853 municípios mineiros, desenvolvida por cerca de 300 mil produtores.